Na terça-feira (20/02), o Ministério da Educação e Cultura (MEC) publicou no Diário Oficial da União, edital com o resultado do Chamamento Público para a instalação da Faculdade de Medicina na cidade de Valença, no Baixo Sul do Estado. O deputado estadual, Hildécio Meireles (MDB), autor do pedido, considerou a aprovação como uma grande conquista. “Talvez, a maior conquista dos últimos 50 anos, o tempo vai confirmar isso”, destacou

Pra quem ainda não sabe, trata-se de um curso particular, cuja mensalidade será em torno de R$ 6 mil reais. Para o internauta de prenome Edson, 6 mil é puxado até pra classe média, quanto mais pra pobre. “Imagine a dívida ao terminar 5 anos de curso com mensalidades de 6 mil reajustadas, mais livros, alimentação, etc. Pobre fazer um curso desse só bancado por padrinho rico ou passando com muito esforço na pública, e mesmo assim se não desistir com toda a dificuldade de se manter lá”, disse.

Já o internauta Plínio Cardoso, disse que a iniciativa do deputado tem como objetivos finais a sua candidatura a reeleição. “Um deputado, seja ele qual for, recebe o mandato para trabalhar durante todos os dias dos 04 anos que ele estiver [no cargo], pois o trabalhador comum trabalha todos os dias para pagar os salários desse pessoal que só aparece nessas horas”, finalizou.

Redação: Tribuna do Recôncavo | Informações: pelegrini.org