O São João de Santo Antônio de Jesus segue para o seu quarto dia de festa e equipes de profissionais de diferentes áreas mantém sua rotina de atendimento aos foliões que aproveitam cada minuto dos festejos. É o caso do Corpo de Bombeiro Guardiões da Vida que atua em parceira com a Secretaria de Saúde do município.

Este ano 35 socorristas prestam serviços de primeiros socorros, fazendo a remoção de vítimas de mal súbito para o posto médico também instalado no espaço da festa. Em entrevista ao site Tribuna do Recôncavo, Sidney Gomes, a maioria das ocorrências corresponde ao excesso de bebida alcoólica seguida de casos de agressões devido a vias de fatos entre os foliões. De acordo com o comandante, na noite do dia 23, duas vítimas de escoriações no rosto foram socorridas.

“Quando solicitaram nosso apoio, nós chegamos e já tinha duas vítimas no chão, foi uma briga generalizada entre foliões. Segundo testemunhas, chutaram o rosto do rapaz, pegamos ele com escoriações, fizemos assepsia, imobilizamos o mesmo e removemos até o posto medico”, contou. “Não foram registrados casos de mulher gestante, a maioria dos casos é excesso de bebida alcoólica e queda de pressão”, completou.

Diante do grande número de pessoas e de toda a movimentação típica no circuito, alguns cuidados são importantes para que foliões possam aproveitar o melhor da festa. É o que comenta o comandante.

“É importante frisar para as pessoas que vem para esta festa, que vão ter uma carga horária pesada – muitos chegam cedo e ficam até a última banda finalizar – que se alimente, bebam bastante líquido. A gente pensa que está bem, mas o nosso organismo não aguenta. Então só consumir álcool sem se alimentar, pode sofrer um mal súbito”, orientou. (Viviane Silva/Tribuna do Recôncavo)