A equipe da 4ª Coordenadoria Regional da Polícia Civil em Santo Antônio de Jesus manteve no circuito do São João um posto de atendimento durante os 4 dias de festa. Em entrevista concedida ao Portal Tribuna do Recôncavo, o delegado titular Dr. André Oliveira informou que em 2016 o índice de ocorrências policiais foi relativamente baixo tanto no circuito como fora, já que no mesmo período de 2015 houve vários homicídios.

“Tivemos um índice relativamente baixo dentro da expectativa, bem menos do que o ano passado, principalmente nos crimes contra o patrimônio, que houve uma redução considerável. Tivemos vias de fatos, algumas agressões, condução de pessoas que estavam embriagadas importunando o próximo, mas nada relevante”, disse.

Ainda em entrevista concedida ao repórter Hélio Alves Dr. André contou que não houve nenhum assassinato no período junino. “O município de Santo Antônio de Jesus foi zero em homicídio, então isso se deve a um grande trabalho das Polícias Militar e Civil para combater esses delitos, até porque nós já vínhamos fazendo um trabalho preventivo para evitar o aumento dessas estatísticas”, contou.

Quanto a um tiro deflagrado próximo a Biblioteca Municipal no início da noite deste sábado (25) ninguém ficou ferido e o autor do disparo não foi identificado pela polícia. Ainda neste sábado, último dia dos festejos juninos, houve registro de roubos de celulares na Praça da Bíblia.

Os acusados, Iuri Domingues Fraga, 19 anos, e o menor J.O.S.,17 anos, foram presos minutos depois na Praça da Salgadeira a bordo de um ciclomotor Shineray, cor vermelha. Eles foram reconhecidos pelas vítimas. Como você pode ver na foto abaixo, o Espaço do São João foi amplamente seguro. As pessoas eram revistadas por policiais militares nos principais acessos ao local do evento. (Tribuna do Recôncavo)REVISTA NO SAO JOAO SAJ

Aproveite e curta a nossa fanpage. Clique Aqui !