O ator Dado Dolabella foi preso na noite desta segunda-feira (05), em São Paulo, por não pagar pensão alimentícia. De acordo com a polícia, ele deve R$ 196 mil. Caso o valor não seja pago, ele pode ficar até dois meses preso. “Esse valor da pensão está errado, é um valor que eu não recebo mais. Eu queria poder dar mais pro meu filho”, afirmou Dolabella ao ser detido. O valor é referente à pensão do filho que é fruto de seu relacionamento com Fabiana Vasconcelos Neves.

O valor foi acumulado por quase dois anos. De acordo com policiais, ele não resistiu à prisão. A prisão preventiva foi decretada em dezembro do ano passado. O ator foi preso após sair do apartamento de um amigo na Rua Juquis, no bairro de Moema, para ir à academia. Os policiais ficaram esperando o ator na rua por três horas. Segundo a polícia ele não resistiu à prisão, e chorou quando chegou na delegacia.

Em agosto do ano passado, o ator também foi preso por não pagar pensão alimentícia. Os policiais chegaram a procurar o ator em seu apartamento, em Copacabana, na Zona Sul do Rio. Foram três horas de espera, mas ninguém apareceu. Após achar que os policiais tinham ido embora, Dado saiu do apartamento, sendo preso logo em seguida. À imprensa, o ator disse que ajuda sempre que pode na criação dos filhos. “Meus filhos são sempre prioridade na minha vida”, disse. (Correio)