O Ministério Público do Estado (MP-BA) recomendou à prefeitura de Cruz das Almas, no Recôncavo, o afastamento imediato do secretário de educação da cidade. Além do afastamento se pede a devolução do valor pago a Mário Araújo dos Santos no período em que acumulou as funções de secretário e de professor do Cetep Recôncavo, logo após assumir a pasta da educação no começo de 2017.

Mário Araújo dos Santos é funcionário concursado do colégio estadual. Uma denúncia levou o caso ao MP que através do promotor Adriano Marques cobrou o afastamento do secretário pelo prefeito Orlando Peixoto Pereira Filho. O BN tentou o contato com a prefeitura, mas não teve êxito nas ligações. (Bahia Noticias)