A pecuária ao longo dos anos tem se mostrado a grande vilã da falta de água em São Miguel das Matas. É comum observar grandes fazendeiros desmatando e abrindo as várzeas com tratores, e nos locais onde antes existiam água, vão secando para dar lugar às pastagenes. O que se percebe atualmente é que vai faltar água até mesmo para o gado destes pecuaristas.

Viver em um ambiente ecologicamente equilibrado é uma garantia constitucional e está estipulado na Constituição Federal de 1988 em seu Artigo 225 que prevê no seu Art. 225,  que ‘todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se ao Poder Público e à coletividade o dever de defende-lo e preserva-lo para as presentes e futuras gerações’.

A Constituição Federal ainda estabelece em seu Artigo 23, inciso VII que é de “competência comum da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, preservar as florestas a fauna e a flora”. Alguns casos são denunciados e outros tantos vem sendo cometidos diariamente e nem sempre são denunciados.

“Imagens como as da foto acima são corriqueiras e indicam o quanto precisamos melhorar enquanto cidadãos”, destaca um internauta. (Criativa Online)