Em Conceição do Almeida, na localidade da Fazenda São João, cerca de 150 famílias carentes ocuparam um terreno do governo do estado que há 4 anos está abandonado. O objetivo dessa ocupação é tornar essas terras produtivas para que essas famílias possam ter uma fonte de renda.

Esse movimento conta com o apoio dos deputados federais, Elivelton Santana e Fernando Torres, além do suporte do advogado, Dr. Rogério Simas. As famílias não se tornarão proprietárias das terras, portanto, não poderão negociá-las, porque continuam sendo propriedade do governo. Entretanto, terão a oportunidade de ter um lugar para morar e trabalhar.

Em entrevista ao portal Tribuna do Recôncavo, a representante da associação que representa os agricultores da região, dona Márcia esteve presente na ocupação e informou que a associação disponibilizou um trator agrícola para preparar as terras para o cultivo. Ela esclareceu que essas famílias estão cadastradas e que o objetivo dessa iniciativa é tornar essas terras produtivas e dessa forma, tirar as pessoas das ruas e da situação de pobreza.

O TR também ouviu um morador da Fazenda São João, o Sr. José que considera melhor cultivar essas terras do que deixa-las abandonadas, pois, além de tirar dessas famílias a oportunidade de trabalhar e morar dignamente, podem se transformar em esconderijo para criminosos. Segundo ele, é importante que essas pessoas possam trabalhar e tornar o local produtivo, assim as famílias terão uma fonte de renda, além disso, serve como exemplo para os filhos que podem aprender que devem trabalhar para se sustentar. (Maíra Oliveira/Tribuna do Recôncavo)