O cantor César Menotti provocou polêmica ao narrar uma história em que Fabiano, com quem forma dupla, disse que “samba é música de bandido”. Durante participação no programa “Altas Horas”, no sábado (02), na Globo, o sertanejo mencionou situações em que fãs pedem músicas que eles não sabem cantar e lembrou quando pediram um samba. “Eu falei ‘desculpa, é que realmente a gente não sabe cantar nenhum samba’. E o Fabiano: ‘E tem mais, na minha opinião, samba é música de bandido’”, contou Menotti, para risadas da plateia no programa. Nas redes sociais, no entanto, a declaração causou muita revolta.

A sambista e deputada estadual Leci Brandão (PCdoB) gravou um vídeo em resposta ao cantor: “Quero dizer para o senhor César Menotti, que eu aliás não conheço o trabalho, que samba não é música de bandido. Bandido para mim é quem compra a mídia para a gente ter que ouvir um monte de música que não leva o país a ter nenhuma reflexão, nenhuma consciência. Isso é que é bandidagem”, afirmou Leci. E prosseguiu: “Bandidagem para mim é fazer com que a cultura seja toda direcionada a quem tem poder. E no samba, graças a Deus, ainda tem gente que leva reflexão e bons pensamentos para a democracia deste país”.

Após a repercussão negativa, César Menotti postou um pedido de desculpas na página oficial no Instagram. Ali, ele afirma que “uma piada, definitivamente, não representa uma opinião”. Diz ele: “Para quem se ofendeu, peço humildemente perdão. Mas essa não era a minha intenção. Era apenas contar um causo para descontrair. (…) Isso não representa a minha opinião, essa música que respeito e admiro profundamente”. (Metro1)