Hélio Alves entrevista aluna da UFRB que foi vitima de racismo na Itália

ATENÇÃO: Essa é a reprodução de uma matéria escrita em junho de 2014.

Uma estudante da UFRB (Universidade Federal do Recôncavo Baiano),  campus de Santo Antônio de Jesus (BA), afirma que foi vítima de injúria racial na Itália.  Débora Reis da Cruz, 28 anos, disse que a história começou logo após a sua chegada em Siena, no dia 24 de agosto de 2013. Na época, a mesma conheceu diversas pessoas, dentre elas, um rapaz que se dispôs a lhe apresentar a cidade. A suspeita de fazer um montagem e publicar nas redes sociais, segundo Débora, é a ex-mulher do italiano. Em entrevista concedida ao repórter Hélio Alves a jovem universitária conta detalhes sobre o fato.

-Hélio – Bom dia Débora

-Debora – Bom dia Hélio Alves, eu gostaria de agradecer pelo convite em dar essa entrevista, pois é um tema corriqueiro que vem acontecendo sempre. Eu gostaria de falar as vítimas de racismo que denunciassem, pois é um crime muito grave, as pessoas se calam fazendo com que a impunidade continue.

macado (1)

-Hélio – Depois dessa montagem que circulou pela internet com as fotos sua e de um macaco, você chegou a conversar com o seu amigo, ex-esposo da acusada?

-Débora – Depois que vir a imagem liguei pra ele, informando o que estava acontecendo e pedi que entrasse em contato com sua ex-esposa para retirar a postagem.

-Hélio – E com a suspeita você teve algum contato?

-Débora – Com ela eu só falei uma vez pelo facebook, porém a mesma não disse nada de mais nesse dia.

-Hélio – Seus estudos estão sendo prejudicados aí em Siena?

-Débora – Com certeza, meus estudos foram bastante prejudicados, pois meu emocional ficou muito abalado, fiquei muito triste com esse fato lamentável e nunca imaginei que fosse passar por uma situação como essa.

-Hélio – Você ficou com algum trauma?

-Débora – Sim. Estou me sentindo muito prejudicada, pois todos nós sabemos do impacto que o racismo pode causar na vida de uma pessoa e eu nunca pensei em passar por tamanho constrangimento, enfim, fiquei desnorteada sem saber o que fazer.

-Hélio – A principio quais providências você tomou, já que o crime foi cometido pela internet?

-Débora – A primeira providência que eu tomei foi ir até a Polícia Militar de Siena aqui na Itália, mas eles se recusaram em registrar o Boletim de Ocorrência porque se tratava de um crime cometido na internet, porém fui orientada por uma amiga italiana que mora em Salvador para procurar o acessorato que me encaminhou para a Policia Postal que cuida desse tipo de crime onde consegui fazer a denuncia.

-Hélio – Você já entrou em contato com a coordenação da UFRB?

-Débora – No mesmo dia, entrei em contato com a Pró-Reitoria, falei com Ronaldo Barros e ele me garantiu que a UFRB estaria disposta a me ajudar no que fosse necessário.

-Hélio  – Até quando você fica aí na Italia?

-Débora – Eu ficaria em Siena até 31 de julho, porém fui convidada a participar de um projeto sobre diabete e devo permanecer aqui na Itália até março de 2015.

-Hélio – Que mensagem você deixa para a população no sentido de combatermos todo tido de racismo?

-Débora – Que as pessoas busquem sempre denunciar procurando os órgãos competentes, como Ministério Público, Delegacia e Departamento de Igualdade Racial do seu Município, em fim, que as pessoas não se calem, porque quanto mais nos calamos, ajudamos a impunidade. Tenha coragem, faça como eu, DENUNCIE!

-Hélio – Muito obrigado pela entrevista

-Débora – Eu que agradeço a você Hélio Alves por ter me procurado pra gente falar sobre esse tema, pois é muito importante coibir esse tipo de crime.

O repórter Hélio Alves também falou com o Pró-Reitor da UFRB, Ronaldo Barros, que afirmou ter entrado em contato com o consulado da Itália aqui no Brasil, solicitando uma celeridade nas investigações e emitiu uma nota em solidariedade a Débora Reis lá em Siena, como também a Neuma Pereira de Jesus, aluna da UFRB em Cachoeira que foi vítima de racismo em São Félix quando precisou ser submetida a uma cirurgia e o médico disse que só realizaria o procedimento se ela cortasse seu cabelo rastafári. (Da redação -Tribuna do Recôncavo)

Obs: “Essa entrevista foi produzida em junho de 2014, logo depois da jovem Débora ter sido vítima de racismo na Itália”.

Dezenove anos sem Mamonas Assassinas

 

Músicos marcaram o rock brasileiro durante os anos 1990

Nesta segunda-feira, 2 de março, completaram exatos 19 anos do trágico acidente que encerrou a carreira do irreverente grupo Mamonas Assassinas. Os músicos Bento, Dinho, Júlio, Samuel e Sérgio foram vítimas de um acidente aéreo no trajeto de Brasília para São Paulo em 1996.Com os sucessos de letras atrevidas como Pelados em Santos e Robocop Gay, os músicos conquistaram o país e gravaram um disco que leva o nome do grupo e vendeu mais de 3 milhões de cópias em todo o país.

Vale lembrar que no início da carreira, os Mamonas faziam apenas covers de outras bandas famosas como Guns’n’Roses com o nome de banda Utopia. (transanet)

 

Procon vai à Justiça contra fim da velocidade reduzida na internet móvel

Após o Ministério da Justiça cobrar explicações das operadoras sobre a atitude de cortar a internet ao término da franquia em vez de reduzir a velocidade da conexão, como vinham fazendo, chegou a vez de o Procon se manifestar.

A unidade do órgão no Rio de Janeiro entrou com uma ação na Justiça contra Claro, Oi, Tim e Vivo pedindo uma liminar que garanta o acesso à rede com velocidade reduzida. O Procon tomou a iniciativa,  por entender que as operadoras alteraram os acordos que mantêm com os clientes de forma unilateral, o que vai contra determinações da Constituição e do Código de Defesa do Consumidor.

Claro, Tim e Vivo disseram à Folha que não foram notificadas sobre a ação, enquanto a Oi respondeu à reportagem que não comenta casos judiciais em andamento. (Folha de São Paulo)

SAJ: Campeão Chibata visita prefeito Humberto Leite e posa para fotos com o Cinturão da WBU

O Campeão Mundial de Boxe, Idiusan Matos Silva, (Chibata), visitou o prefeito Humberto Leite,  na manhã desta segunda-feira, (02), no Paço Municipal. Campeão Mundial de Boxe pela WBF, maior Entidade de Boxe do mundo, Chibata agradeceu o apoio recebido para sua grande luta que aconteceu no último sábado, dia 28 de fevereiro, no Ginásio de Esportes.

Chibata venceu o argentino Cristian Ariel Gomez no segundo round e conquistou o Cinturão pela WBU (World Boxing Union), numa realização da ACF (Associação Criança Feliz), comandada pelo empresário Teodoro Gil, com o apoio da Prefeitura Municipal de Santo Antônio de Jesus.

O prefeito Humberto Leite recebeu o boxeador com muita alegria, o   parabenizou por mais essa conquista e brincou: “Você nem parece que lutou Chibata, tá inteirinho, não tem nenhum arranhão”, (risos).  Idiusan Chibata agradeceu todo apoio recebido.  (ASCOM/PMSAJ)

Google confirma que vai lançar operadora de telefonia

O Google confirmou que pretende se tornar uma operadora de telefonia nos próximos meses. A gigante de tecnologia afirmou que está trabalhando com parceiros para criar sua própria operadora virtual (MVNO), mas não especificou quais são as empresas.

O serviço será oferecido em pequena escala, para não competir com grandes operadoras dos Estados Unidos, e toda a estrutura será alugada. “Acho que estamos na fase em que precisamos pensar em hardware, software e conectividade juntos”, explicou Pichai. “Queremos quebrar as barreiras sobre a maneira como a conectividade funciona.” (olhardigital)

 

Declaração do Imposto de Renda deverá ser feita até o final de abril

O prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2015  termina no dia 30 de abril. A multa por atraso de entrega é estipulada em 1% ao mês-calendário até 20%. O valor mínimo é R$165,74.  Entre os obrigados a declarar estão os contribuintes que receberam, em 2014, rendimentos tributáveis superiores a R$ 26.816,55 ou rendimentos isentos – não tributáveis ou tributados somente na fonte –, cuja soma seja superior a R$ 40 mil.

Também deve declarar quem recebeu, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens ou direitos sujeito à incidência de imposto, realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias e futuros, auferiu ganhos e tem bens ou propriedade rurais de acordo com valores estabelecidos pela Receita. (Agência Brasil)

Pesquisa da CNI indica que 74% dos brasileiros nunca compraram pela internet

As compras pela internet estão cada vez mais populares no Brasil. Entretanto, a grande maioria das pessoas ainda prefere comprar bens e serviços pelas vias tradicionais. Um estudo do instituto IBOP mostra que o percentual de consumidores que jamais fizeram compras pela internet atinge 65% entre jovens de 16 a 24 anos. Na faixa etária de 25 a 34 anos, a porcentagem chega a 67%.

Questionados sobre as desvantagens, 15% das pessoas apontaram a falta de contato com o produto. Com relação às vantagens, 21% acham que a principal é o menor preço do produto, enquanto 19% avaliam a compra pela internet como mais prática e cômoda e 5% que a opção permite comparar preços. Também 5% acham que o método torna mais fácil encontrar o produto desejado.

Mesmo com algumas desvantagens, as compras pela internet registraram alto grau de satisfação. De acordo com a pesquisa da CNI, 72% das pessoas estão satisfeitas e 20% muito satisfeito. Apenas 6% responderam que estão muito insatisfeitos. Os produtos mais comprados são eletrônicos, como aparelhos de TV, DVD e celular. Em seguida, os eletrodomésticos. (EBC Serviços)

Voltar à página inicial