web analytics

Papa Francisco diz que difamação na mídia fomenta golpes de Estado

Foto: José Miguel Gómez/ Fotos Públicas

O papa Francisco criticou, em discurso nesta quinta-feira (17), o papel da mídia em difamar pessoas públicas a ponto de levar a um “golpe de Estado”.

De acordo com a agência de notícias do Vaticano, Francisco citou o exemplo de Jesus, que no Domingo de Ramos foi recebido em Jerusalém com aclamações de “Bendito o que vem em nome do Senhor”, mas, na sexta-feira seguinte, as mesmas pessoas gritaram: “Crucifiquem-no”.

“A mídia começa a falar mal das pessoas, dos dirigentes, e com a calúnia e a difamação essas pessoas ficam manchadas”, discursou o papa. “Depois chega a justiça, as condena e, no final, se faz um golpe de Estado”, completou.

Francisco comparou essa ação à perseguição nas arenas, quando a multidão gritava para ver lutas entre mártires ou gladiadores. Em janeiro deste ano, Francisco já tinha criticado a imprensa. (mais…)

Acidente com ônibus escolar faz vários mortos em Nova Jersey

Foto: Reprodução/ YouTube/ Noticias ao Minuto

Nesta quinta-feira (17), um ônibus escolar que transportava crianças para uma viagem a um local histórico de Nova Jersey colidiu com um caminhão, matando várias pessoas, disseram as autoridades. A parte da frente do ônibus parecia ter sido arrancada, as rodas saltaram e um pedaço da extremidade direita do veículo ficou na faixa que separa a rodovia da Intersate 80, em Monte Oliva, detalharam.

A promotora do condado de Morris disse que o acidente provocou diversas mortes, se recusando a precisar quantas ou a identidade das vítimas antes das famílias serem notificadas. Um caminhão vermelho sem a parte dianteira estava estacionado ao longo da estrada a cerca de 80 quilômetros a oeste de Nova York, acrescentou. O veículo de grande porte estava registrado na Mendez Trucking, de Belleville, e na traseira havia uma inscrição que dizia “Confiamos em Deus”.

“É uma cena horrível”, disse o prefeito de Monte Oliva, Rob Greenbaum, ao The Record. A polícia não indicou quais as causas do acidente. A polícia estadual disse que o ônibus transportava um número indefinido de crianças, desconhecendo, porém, que tipo de ferimentos sofreram.

Redação: Noticias ao Minuto | Fonte: Lusa

Terremoto de magnitude 5,3 causa pânico no México

Foto: Israel Ministry of Foreign Affairs/ Fotos Públicas

Um terremoto de magnitude 5,2 atingiu a Cidade do México nesta quarta-feira (16) e deixou o país em estado de alerta, informou a imprensa local. Até o momento, não há registro de vítimas ou danos. De acordo com o Serviço Nacional de Sismologia, o tremor teve origem a 30 quilômetros a sudoeste de Arcelia, no estado de Guerrero, no sul do país.

O coordenador nacional da Proteção Civil, Luis Felipe Puente, afirmou, no Twitter, que as equipes de emergência estão monitorando a região, mas até agora não relataram danos. O som do sistema de alerta causou pânico entre os moradores da capital, que evacuaram suas casas.

Em setembro passado, 471 pessoas morreram após o país ser atingido por três terremotos, na maior tragédia natural do México desde o sismo de 1985, que deixou milhares de mortos na capital. (ANSA)

Coreia do Norte ameaça cancelar reunião entre Kim e Trump

Foto: KCNA/ Fotos Públicas

A Coreia do Norte ameaçou nesta terça-feira (15), cancelar a cúpula entre Kim Jong-un e Donald Trump, por causa dos exercícios militares conjuntos entre Estados Unidos e Coreia do Sul. Além disso, Pyongyang desmarcou a reunião de alto nível que teria com Seul nesta quarta (16). Segundo a agência oficial “KCNA”, os exercícios em curso das forças aéreas norte-americanas e sul-coreanas são um “ensaio” para “invadir o Norte” e uma “provocação”.

De acordo com a agência “Yonhap”, de Seul, a manobra militar, iniciada em 11 de maio e com previsão de durar duas semanas, envolve 100 aviões de guerra. O encontro desta quarta ocorreria em Panmunjom, na zona desmilitarizada da Península da Coreia, e daria sequência à histórica cúpula de 27 de abril entre Kim e o presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in. A reunião do líder da Coreia do Norte com Trump está marcada para 12 de junho, em Singapura, no que seria a primeira cúpula na história entre governantes dos dois países.

Nas últimas semanas, Pyongyang vem dando sinais de abertura ao diálogo, como a libertação de prisioneiros norte-americanos e a desativação de uma central de testes nucleares, iniciada nesta terça. A reaproximação com o Sul começou nos primeiros dias de 2018, após um ano de tensão e trocas de ameaças entre Kim e Trump. (ANSA)

Quadro de Modigliani é leiloado por valor recorde

Foto: Divulgação/ Sotheby's

Uma obra do artista italiano Amedeo Modigliani, representando uma mulher nua, foi leiloada nesta segunda-feira (14) por US$ 157,2 milhões pela casa de leilões Sotheby’s, em Nova York. A quantia desembolsada pela tela a torna a quarta obra de arte mais cara já leiloada na história, sendo superada apenas por Leonardo Da Vinci, Pablo Picasso e pelo próprio Modigliani, já que a quantia não foi maior do que os US$ 170,4 milhões pagos em 2015 por um outro nu do pintor italiano.

O quadro “Nu Couché” ou “Nu deitado” foi pintado em 1917, pouco antes da morte de Modigliani. A obra retrata uma mulher deitada de costas sob um lençol branco, olhando por cima dos ombros diretamente ao público. Ela é uma das mais famosas do pintor.

Modigliani realizou 22 nus recostados e 13 sentados entre 1916 e 1919, a grande maioria está atualmente em museus, como no de Arte Moderna (MoMa) de Nova York. O “Nu Couché” é o único pintado pelo italiano que representa uma mulher nua da cabeça aos pés. O artista nasceu em 1884 na cidade de Livorno, na Itália, e morreu em 1920, em Paris, aos 35 anos, em decorrência de uma meningite tuberculosa. (ANSA)

ONU condena violência em inauguração da embaixada dos Estados Unidos em Jerusalém

Foto: Haim Zach/ GPO/ Fotos Públicas

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, condenou hoje (14), a escalada de violência na região de Gaza e no denominado Território Palestino Ocupado. A ONU instou o governo de Israel a declarar um cessar-fogo imediato na região e garantir o atendimento médico às vítimas. Para Guterres, a solução para o fim da escalada de violência é política. “O secretário-geral reitera que não há alternativa viável à solução dos dois Estados, com a Palestina e Israel vivendo lado a lado em paz, cada um com sua capital em Jerusalém ”, disse porta-voz adjunto da ONU, Farhan Haq.

A onda de violência começou com a inauguração da embaixada dos Estados Unidos em Jerusalém – cidade considerada sagrada por cristãos, judeus e muçulmanos e alvo de disputa entre palestinos e israelenses. “As forças de segurança de Israel devem exercer a máxima contenção no uso de fogo vivo. O Hamas e os líderes das manifestações têm a responsabilidade de impedir todas as ações violentas e provocações ”, informou o porta-voz adjunto da ONU. No comunicado, Farhan Haq acrescentou que: “O secretário-geral está profundamente alarmado com a forte escalada da violência no Território Palestino Ocupado e com o elevado número de palestinos mortos e feridos nos protestos em Gaza”.

Pelos dados divulgados na imprensa, os protestos de hoje provocaram mais de 50 mortos e cerca de 2 mil feridos. O comunicado alerta que foi o “maior número de mortos palestinos” em um só dia. O Comitê da ONU para o Exercício dos Direitos reiterou que o povo palestino não reconhece a a cidade de Jerusalém é território israelense. O Comitê considera que o status de Jerusalém deve ser resolvido por meio de negociações que levem em conta as preocupações políticas e religiosas de distintas ordem.

Reportagem: Renata Giraldi | Redação: Amanda Cieglinski | Fonte: Agência Brasil

Bomba da 2ª Guerra Mundial é encontrada em Hong Kong

Foto: Pixabay

Uma bomba da 2ª Guerra Mundial foi encontrada em Hong Kong durante as obras do metrô. Pelo menos 1.200 pessoas que estavam dentro do perímetro precisaram ser retiradas. O esquadrão antibombas foi acionado e tenta na manhã desta sexta-feira (11), fazer a retirada do equipamento no bairro de negócios de Wanchai.

De acordo com a Associated Press, especialistas identificaram que trata-se de fabricação americana, que teria sido lançada por aviões durante a Segunda Guerra Mundial, quando a então colônia britânica foi palco de combates entre forças de ocupação aliadas e japonesas.

Durante a guerra, Hong Kong foi cenário de combates violentos entre o Japão e as forças aliadas, em particular entre a invasão japonesa de dezembro de 1941 e a libertação da cidade, em 1945. (Bahia.Ba)

Estados Unidos abandonam acordo nuclear com o Irã

A decisão de Donald Trump era a esperada. O presidente anunciou que os Estados Unidos vão abandonar o acordo nuclear com o Irã, que tinha sido assinado em 2015 durante a presidência de Barack Obama.

O republicano nunca escondeu que não concordava com o acordo com o país iraniano. Por diversas vezes, demonstrou o seu desagrado pela resolução estabelecida e deixou críticas às cedências feitas por Obama. Os meios estatais iranianos estão informando que o presidente Hassan Rouhani vai reagir a esta decisão ainda nesta terça-feira (08).

Também está prevista uma reunião de Angela Merkel, Theresa May e Emmanuel Macron para analisar esta decisão de Trump. A decisão dos Estados Unidos vai aumentar ainda mais a tensão no Oriente Médio. (Noticias ao Minuto)

Erupção de vulcão continua a causar destruição no Havaí

Foto: U.S Geological Survey/ Fotos Públicas

A erupção do vulcão Kilauea, no Havaí, destruiu cerca de 26 casas e está ameaçando centenas de outras, após a abertura de novas fissuras no solo na noite deste domingo (06). Ao todo, quase 2 mil pessoas foram evacuadas até agora. Alguns residentes foram autorizados a resgatar animais de estimação, mas as autoridades pediram para todos “partirem já”, na tentativa de evitar o dióxido de enxofre.

Novas fissuras e aberturas se abriram durante a noite na área de Leilani Estates, localizada a cerca de 19,2 quilômetros do vulcão. O Kilauea é um dos vulcões mais ativos do mundo e está em constante erupção há 35 anos.

Na última sexta-feira (4), a ilha foi atingida por um poderoso terremoto de magnitude 6,9 , o que causou pânico entre os moradores da região. No entanto, até o momento, não foram relatadas vítimas nem grande danos, segundo a Agência de Defesa Civil do Condado do Havaí. (ANSA)

Índia mantém alerta após tempestades de areia que deixaram mais de 120 mortos

Foto: Civil Defense Idlib/ Fotos Públicas

A Índia manteve nesta sexta-feira (04), o alerta meteorológico por um prazo de 48 horas depois que as tempestades e fortes chuvas que castigam o norte do país desde quarta-feira causaram mais de 120 mortos e 200 feridos nos estados de Uttar Pradesh e Rajastão.

Apesar do alerta em vigor, o diretor de Projetos da Autoridade de Gestão de Desastres regional, P.P. Gupta, esclareceu à agência Efe que a situação está “sob controle” e que não houve nenhuma tempestade desde quinta à noite.

Mas, de acordo com o Departamento Meteorológico da Índia, para esta sexta são esperadas tempestades acompanhadas de ventos fortes no nordeste e leste do país. A Índia registra todos os anos tempestades deste tipo, mas geralmente não provocam uma destruição desta magnitude. As autoridades pediram que os moradores permaneçam alertas. (G1)

ONU faz apelo a Trump para não sair de acordo com Irã

Foto: Whitehouse/ Fotos Públicas

O secretário-geral da ONU, António Guterres, fez um apelo nesta quinta-feira (3) ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, para não desistir do acordo nuclear com o Irã, evocando o perigo de uma guerra iminente. Em entrevista à rede britânica “BBC”, Guterres chamou o tratado de 2015 de uma “importante vitória diplomática” e disse que o magnata deveria repensar em mantê-lo. “Não devemos nos desfazer a menos que tenhamos uma alternativa válida para isso”, disse ele, acrescentando que vivemos em “tempos muito perigosos”.

Trump tem feito diversas críticas ao acordo, no qual o Irã concordou em limitar seu programa nuclear em troca de não receber mais sanções do chamado grupo P5+1 – cinco membros do Conselho de Segurança da ONU – EUA, China, Rússia, França e Reino Unido – mais a Alemanha. O pacto entrou em vigor em outubro de 2015 e passou a ser aplicado em janeiro de 2016 durante o governo do ex-presidente democrata Barack Obama.

O pedido de Guterres acontece apenas alguns dias depois de Israel revelar “arquivos secretos”, acusando o Irã de ter armas nucleares escondidas. De acordo com o secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, os documentos forneceram provas de que o acordo nuclear foi “baseado em mentiras”. Por sua vez, aliados europeus, a França, o Reino Unido e a Alemanha concordaram que o atual acordo é a melhor maneira de impedir o desenvolvimento das armas. (Informações: ANSA)

Trump poderá ser intimado a depor sobre ‘caso Rússia’

O procurador especial do caso “Russiagate”, Robert Mueller, cogitou a hipótese de intimar o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, para falar sobre a suposta interferência russa na campanha presidencial de 2016. De acordo com o jornal norte-americano “Washington Post” desta quarta-feira (02), a possibilidade surgiu durante uma tensa reunião entre Mueller e os advogados de defesa do magnata, no início de março. A ideia poderá avançar caso Trump se recuse a colaborar com a investigação. A reportagem cita informações divulgadas pelo ex-advogado do chefe de Estado norte-americano, John Dowd, que pediu demissão no mês passado.

“Isso não é um jogo. Vocês estão atrapalhando o trabalho do presidente dos Estados Unidos”, teria dito Down aos investigadores, ressaltando que Trump estava ocupado comandando o país. Além disso, segundo a publicação, citando quatro pessoas a par da reunião, Muller se posicionou depois que os advogados afirmaram que o republicano não tinha obrigação de responder às perguntas dos federais. O presidente dos Estados Unidos nega que tenha ocorrido um conluio e ressalta que não cometeu nenhuma irregularidade, inclusive, publicou uma nova crítica ao caso nesta quarta-feira (02), em sua conta no Twitter.

“Não houve conluio (é um boato) e não há obstrução de Justiça (isso é uma invenção e uma armadilha). O que existe são negociações em andamento com a Coreia do Norte sobre a guerra nuclear, negociações em andamento com a China sobre déficits comerciais, negociações sobre o NAFTA, e muito mais. Caça às bruxas!”, escreveu. Além disso, Trump ameaçou usar seus poderes presenciais, que inclui a possibilidade de demitir qualquer funcionário do poder Executivo e intervir na atividade do departamento de Justiça. “Um sistema fraudulento. Eles não querem entregar documentos para o Congresso. Do que eles têm medo? Por que tanta omissão? Por que essa “justiça” injusta? Em algum momento eu não terei escolha a não ser usar os poderes concedidos à Presidência e me envolver”, publicou o magnata na rede social. (ANSA)

Menina com câncer ósseo tem perna reimplantada ao contrário

Foto: Reprodução / BBC

Amelia Eldred, de 7 anos, amava dançar, mas teve de deixar seu hobby de lado. A garota britânica foi diagnosticada com um tumor grave no fêmur da perna esquerda e foi necessário amputar o membro após a quimioterapia não dar o resultado desejado. Mas a menina, que vive em Tamworth, na Inglaterra, espera poder dançar de novo em breve, por conta de um procedimento raro e complexo, conhecido como rotoplastia.

Os médicos reimplantaram a parte inferior de sua perna do lado contrário. Desta forma, o seu tornozelo pode fazer os mesmos movimentos que caberiam a um joelho. “Se olho no espelho, parece estranho (que a perna esteja ao contrário), mas, quando olho para ela (no meu corpo), parece normal”, explica Amelia.

Ela ainda está apredendo a usar sua nova perna em sessões de fisioterapia. Isso permitirá que ela coloque uma prótese no futuro. Sua família diz que a opção pelo reimplante da perna foi uma escolha simples de fazer. Amelia ainda precisa fazer mais dois meses de quimioterapia para tratar o osteossarcoma, o tipo mais comum de câncer ósseo em crianças. (Varela Noticias)

Morre, aos 88 anos, ex-ditador boliviano Luis García Meza

Foto: Reprodução / Clarín

Após sofrer sucessivas paradas cardíacas nos últimos meses, o ex-ditador bolioviano Luis García Meza veio a óbito neste domingo (29).

Ele morreu com 88 anos, em um hospital militar na cidade de La Paz, em decorrência de uma obstrução respiratória. “Esses infartos de maneira prolongada e contínua acabaram com a vida dele hoje, na madrugada”, informou o advogado de Meza, Frank Campero, responsável por confirmar a notícia à imprensa.

Em 1995, o Brasil extraditou Meza à Bolívia, onde ele foi condenado a 30 anos de prisão pelos crimes cometidos em sua ditadura, que matou vários dirigentes de esquerda. (mais…)

Kim e Moon prometem trabalhar pela desnuclearização da península coreana

Foto: Imprensa da Cúpula Inter-Coreana/ Fotos Públicas

O líder norte-coreano, Kim Jong Un, e o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, estabeleceram como objetivo a desnuclearização da península, após uma reunião de cúpula histórica. “Coreia do Sul e Coreia do Norte confirmam o objetivo comum de obter, por meio de uma desnuclearização total, uma península coreana não nuclear”, afirma um comunicado conjunto. A Coreia do Norte registrou um rápido avanço no programa nuclear e balístico sob o mandato de Kim, que herdou o poder após a morte de seu pai em 2011. Em 2017, Pyongyang realizou o teste nuclear mais potente de sua história e lançou mísseis balísticos intercontinentais (ICBM) com capacidade de atingir o território continental dos Estados Unidos.

A cúpula desta sexta-feira foi repleta de símbolos: quando os dois governantes se encontraram deram um aperto de mãos e no fim do evento os dois trocaram um abraço. “Não haverá mais guerra na península coreana”, afirma um comunicado conjunto divulgado ao final da reunião de cúpula, a primeira em mais de uma década e 65 anos depois do conflito bélico ter chegado ao fim com um armistício, ao invés de um tratado de paz. As duas Coreias tentarão este ano dar um fim à guerra de forma permanente, segundo o comunicado divulgado nesta sexta-feira, que cita a vontade uma reunião com os Estados Unidos e talvez a China (ambos signatários do cessar-fogo) “com o objetivo de declarar o fim da guerra e estabelecer um regime de paz permanente e sólido”.

Algumas promessas feitas no passado não foram cumpridas. Desta vez, o dirigente norte-coreano se comprometeu a fazer o possível para levar adiante os compromissos assumidos com o presidente sul-coreano, que visitará Pyongyang no segundo semestre. As duas Coreias se comprometeram com uma coordenação estreita para garantir que “não se repita a história infeliz que viu os acordos intercoreanos anteriores darem em nada”, afirmou o norte-coreano. (mais…)

Kim Jong-un vai cruzar fronteira a pé para encontro na Coreia do Sul nesta sexta, 27

Foto: Kona/ Fotos Públicas

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, vai cruzar a pé a fronteira com a Coreia do Sul para um encontro com o presidente do país vizinho, Moon Jae-in, nesta sexta-feira (27). A informação foi confirmada pelo governo sul-coreano nesta quinta (26).

De acordo com a Agência EFE, os dois vão se encontrar na linha de demarcação militar que divide as duas nações e serão escoltados até o local da reunião entre eles. Kom Jong-un será o primeiro líder da Coreia do Norte a visitar o território sul-coreano desde o fim da Guerra da Coreia, em 1953.

O governo de Seul informou ainda que os dois líderes vão assinar um acordo após o encontro e farão um anúncio. No entanto, não foram divulgadas mais informações sobre o que eles vão declarar. (Bahia Noticias)

Voltar à página inicial