Fábio Passos fala sobre serviços do SESC em SAJ, inclusive sobre escola da instituição

Nessa quarta-feira (08/03), o Sesc desenvolveu, na Praça Padre Mateus, algumas atividades em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. Na ocasião o portal Tribuna do Recôncavo conversou com Fábio Passos, gerente do Sesc em Santo Antônio de Jesus, que informou quais serviços foram oferecidos pela instituição. Fábio ressaltou a importância da mulher na família, no trabalho, na política e na sociedade de uma forma geral. Portanto, ele considera importante celebrar esse dia para mostrar o quão importante é a mulher para o contexto social. De acordo com o gerente, o Sesc considera importante participar desses movimentos, por isso, nesse evento, foram ofertadas atividades de orientação em educação e saúde.

Segundo o gerente, o Sesc oferece serviços nas áreas da saúde, educação, cultura, esporte e lazer e ressalta que apesar do público alvo ser os comerciários, o órgão também oferece serviços para toda a comunidade. Ele informou que o SESC, inaugurado em Santo Antônio de Jesus em 2010, funciona todos os dias da semana, das 8h às 16h20. “Não só os comerciários do varejo são assistidos pela instituição, mas também os de bens e serviços”. Para o comerciário desfrutar dos serviços oferecidos pelo Sesc, ele pode se associar gratuitamente, para tanto ele deve estar devidamente registrado e com carteira assinada. Os comerciários podem fazer a carteirinha, que é gratuita, para usufruir dos serviços oferecidos.

Com relação à escola do Sesc, o gerente informou que é um serviço destinado aos comerciários, pois, ainda não tem a possibilidade de atender a toda comunidade.  As séries ofertadas são do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental e tem atividades lúdicas e assistência psicopedagógica. A escola tem uma equipe multidisciplinar com o objetivo de ofertar um ensino de qualidade.

Fábio Passos também falou sobre o projeto Cine Sesc que, segundo ele, é uma atividade da área da cultura, gratuito e destinado a toda comunidade. O objetivo do projeto é permitir que as pessoas conheçam um pouco do mundo do cinema. Os filmes exibido são relacionados a um contexto histórico, então, é possível aprender muita coisa. A programação do Cine Sesc é divulgada no site da instituição e nas rede sociais. (Maíra Oliveira/Tribuna do Recôncavo)

Jovem é encontrado morto no município de Laje

Um jovem de identidade ignorada foi morto a tiros em uma estrada vicinal na localidade do Jacaré, zona rural do município de Laje na manhã de segunda-feira (20). A autoria e motivação do crime ainda são desconhecidas.

De acordo com informações da polícia, a vítima estava sem documentos e a comunidade confirmou que o mesmo não é morador da localidade, o corpo foi removido para o DPT (Departamento de Polícia Técnica) de Santo A. de Jesus para necropsia. (Criativa On Line)

Itaparica: Ilha do Medo pode ser vendida com promulgação de lei

O presidente da Câmara de Vereadores de Itaparica, Ítalo Mastríolo, na Região Metropolitana de Salvador, promulgou um projeto de lei que permite a venda da Ilha do Medo, localizada na Baía de Todos os Santos.

O projeto de lei foi aprovado no ano passado pelos vereadores do município, publicado no Diário Oficial do Legislativo municipal no dia 20 de janeiro de 2017 e prevê a utilização econômica e socioambiental do território que compõe a Ilha do Medo. Tal uso poderá ser feito por instituição pública ou privada que tenha interesse em explorar o espaço físico da pequena porção de terra itaparicana.

Segundo o projeto, a ocupação com fins econômicos e socioambiental é de interesse do município de Itaparica e poderá gerar emprego e renda. O texto também prevê que qualquer alteração na estrutura da ilha deverá respeitar os aspectos “florísticos e faunísticos” do local. (Bocão News)

Pancada Grande no Baixo Sul Baiano. Um paraiso perto de você. Conheça!

Um dos mais importantes atrativos ecoturísticos de Ituberá e região é a Unidade de Conservação Cachoeira da Pancada Grande. Como sugere o nome, o local abriga a estonteante queda d’água de 40 m de altura, em meio a matas e plantações de seringueiras. A base da cachoeira serve de abrigo às ruínas de uma antiga usina hidrelétrica, e uma pequena trilha conduz ao mirante, no topo da Pancada Grande, de onde se avista toda a região.

DSC01631

Trilha na Cachoeira de Pancada Grande

Margeada por 40 km de praias desertas, a Unidade de Conservação Pratigi abre-se em meio a uma grande planície marinha, ilhas, rios, cachoeiras e canais de estuários, em um lindo contraste com a vasta extensão de restingas enfeitadas por bromélias e orquídeas, densos manguezais e mata velada.

Seus 320 km² de terras protegidas incluem, ainda, fazendas históricas dos municípios de Ituberá, Nilo Peçanha e Igrapiúna. O conjunto, de expressivo valor cênico, abarca diversificada fauna e flora costeira do Sul da Bahia. (Postado por Tribuna do Reconcavo, com informações do bahia.com) (mais…)

Cachoeiras do Vale do Jiquiriçá. Você conhece?

Situado entre Vales e morros no Recôncavo Baiano, o Vale do Jiquiriçá é um destino muito prazeroso para quem curte a natureza. O turismo ecológico na região tem como principais atrativos os Rios Jiquiriçá e Boqueirão, como também a mata nativa, rica em árvores frutíferas.

São cinco as rotas turísticas traçadas na região: sertão, aventura, romeiros, cachoeiras e litoral, ideais para quem curte trekking, ciclismo, canoagem e pesca, amantes da natureza, esportistas e aventureiros.

Não deixe de apreciar também o primoroso artesanato local, as manifestações culturais, religiosas e o patrimônio histórico local. A culinária é um capítulo à parte do Vale do Jiquiriçá na qual se destacam a moqueca de pitu e a carne-de-sol.

Primeira opção:

20140219_112341

Localizada a 24 km do centro de Mutuípe, a cachoeira da Roda D’Água como é conhecida, foi assim chamada devido a uma roda d´agua que tem como objetivo servir de motor / gerador para a casa de farinha. A roda é acoplada a um eixo central que através de polias e engrenagem, serve de força motriz para as diversas ferramentas de preparação da farinha de mandioca. A roda também é utilizada para geração de energia elétrica. Indicado para a prática de acampamento, banho, rapel, trilha e esportes, o local é de propriedade particular, mas é aberto ao público e bastante visitado aos finais de semana. Contém bar, restaurante, banheiros, palco para eventos, além de um campo de futebol que poderá servir de área para camping.

Segunda opção:

A 1 Km da cachoeira da Roda d’água encontra-se a cachoeira Três Saltos, propriedade do município, possui uma grande extensão com corredeiras entre pedras, além de bar e campo para futebol.

Terceira opção:

dsc019771 (2)

Seguindo mais 3 Km encontra-se a Cachoeira Alta com corredeira com cerca de 150m de extensão local ainda pouco explorado porém muito bela devido ao seu tamanho.

Quarta opção:

Seguindo mais 8Km já no final do município de Mutuípe encontra-se a cachoeiras Vel de Noiva, uma belíssima cachoeira localizada no meio de uma cerra com mata fechada, ideal para quem curte trekking.

Ha ainda outras cachoeiras pouco exploradas localizadas em propriedades particulares, como:
Cachoeira de Brás – Jiquiriça
Cachoeira de Clóvis – Jiquiriçá
Cachoeira de Guigó – Jiquiriçá
Cachoeira da Coruja – Mutuípe
Cacheira da Risada – Ubaira

As Serras são também uma atração da região, cercadas por florestas nativas, grutas, flora e fauna características da região.
Serra Pelada – Jiquiriçá
Serra do Argolo – Mutuípe

Outra alternativa seria a Cachoeira dos Prazeres, que encontra-se interditada. (Tribuna do Recôncavo, com informações do valedojiquirica.com).

Você conhece a Lagoa do Abaeté? Há muitos detalhes e mistérios; confira!

A Lagoa do Abaeté, antes conhecida como Lagoa de Itapuã, é um dos cantinhos mais belos de Salvador e atrai principalmente quem gosta de passeios ao ar livre. A areia branca e fina rodeia as águas escuras da lagoa, um contraste que só se tem idéia da beleza quando estamos perto. Fotografias não dão conta.

A lagoa antes era visitada por poucos turistas, todos temiam o banho em suas águas que, segundo se dizia, “engoliam” em misteriosos redemoinhos, cujos pontos eram do conhecimento de poucos. Eventuais mortes por afogamento apenas aumentavam essa aura de mistério. O fato é que, por sua água doce, sustentada por nascentes que surgem no meio das dunas – e não pelo represamento da chuva, como um dia se acreditou – o Abaeté era usado por lavadeiras que, em suas margens, ajudaram a manter vivas muitas das tradições ancestrais que enriquecem a cultura de Salvador. As histórias da Lagoa estão entranhadas no imaginário popular, sendo cenário de histórias contadas e passadas de geração em geração.

A Lagoa do Abaeté resulta do represamento de antigos rios que corriam na região e do acúmulo de água de chuva. Uma curiosidade é que a água tem temperatura diferente em vários trechos, resultante de correntes que não se misturam. A profundidade chega aos cinco metros, e a coloração escura é determinada pelos minerais e microorganismos presentes em toda a extensão da lagoa. As dunas são formadas pelo acúmulo de areia vinda da Praia de Itapoã que foram emolduradas, com o passar do tempo, por cobertura vegetal.abete 2

Essa vegetação desempenha um importante papel na preservação da flora local, e entre as espécies mais encontradas estão orquídeas (algumas de espécies raras) e árvores frutíferas, como goiabeiras e cajueiros. A área de Proteção Ambiental desde 1987, é um dos maiores centros de lazer ecológico do Nordeste.  A Lagoa possui uma área restrita para banho, dividida por bóias, que visa manter a segurança dos banhistas. Sem dúvidas é um cenário interessante para caminhadas, piquiniques e para lindas fotografias.

A Lagoa conta também com uma série de quiosques reunidos, que abrigam restaurantes e lojas de artesanato. Muitos dos restaurantes e barzinhos oferecem música ao vivo nos fins de semana para os clientes. Baianas do acarajé também compõem o cenário, vendendo em seus tabuleiros abará, acarajé, bolinho de estudante, cocadas etc. A lagoa é um espaço de lazer e muitos a visitam, principalmente os próprios nativos da cidade.

Em meio a toda beleza, tomar banho na Lagoa do Abaeté exige alguns cuidados. Evite entrar na Lagoa se estiver fazendo uso de bebida alcoólica, crianças e animais não devem ficar sozinhos na beira da lagoa, evite fazer a travessia de um lado ao outro do Abaeté e sempre que entrar na água deixe alguém de alerta, para uma eventual necessidade de acionar os salva-vidas.

Segundo o coordenador do Salvamar, Glauco Bastos, as diferenças bruscas de profundidade e à lama que se acumula no fundo da lagoa tornam o lugar perigoso. “As pessoas que não sabem nadar não devem entrar na lagoa. É um risco”. Neste caso, curta essa beleza natural direto da areia. APROVEITE E VÁ COM SUA FAMÍLIA! Afinal de contas, lazer não é luxo, é uma necessidade. (Redação: Tribuna do Recôncavo) – (Referência: wikipedia, ibahia e atarde).

Abaete3

Santa Teresinha realiza neste domingo evento inédito de ciclismo na Bahia

Acontece neste domingo (02) em Santa Terezinha, o maior evento ciclístico já realizado na região. Desde ontem (sábado),  a cidade começou a ser invadida por ciclistas de vários locais do Brasil.

O evento coloca o município definitivamente em lugar de destaque no cenário baiano como um dos melhores locais para a prática de esportes de aventura. A cidade que antes já havia se destacado como uma das principais rotas do Brasil para a prática do voo livre, parece ter caído no gosto dos amantes do ciclismo.

Quem festeja com isso não são, apenas, os atletas que participam e desfrutam de uma das mais belas paisagens da Bahia. O comércio local fica fortalecido, as pousadas ficam lotadas e o município se torna mais visto pelo Brasil afora, enfim todo mundo sai ganhando.

Neste domingo a partir das 8 horas será dada a largada para a primeira competição SUBA 100 K realizada no estado da Bahia. Na noite deste sábado uma reunião foi realizada e os organizadores apresentaram o circuito e tirou dúvidas, tudo com o objetivo de fazer do evento um sucesso em todos os sentidos possíveis.

O primeiro CHALLENGE de MTB realizado na Bahia,  contará com a participação de ciclistas de todo o Brasil. O ECHALLENG acontece em duplas ou sozinho, o piloto que fizer, pedala sozinho os 100km, nas duplas cada piloto pedala 50km e se acumula altimetria aproximada de 2700m.

Fica a dica para os moradores de Santa Teresinha e região: HOJE, DOMINGO (02/08) É DIA DE VOCÊS PRESTIGIAREM O SUBA 100 K. * Aguarde fotos e informações sobre essa competição, realizada pela primeira vez na Bahia. 

(Editado por Tribuna do Recôncavo | Informações: TV Tapera).

Santa Teresinha sedia etapa inaugural da competição estadual de ciclismo “Challenge de MTB”

O município de Santa Teresinha vem se tornando nos últimos dois anos uma das principais rotas do ciclismo baiano. Coincidência ou não, desde que o prefeito Aílton de Oliveira assumiu o cargo tendo uma campanha onde a bicicleta era o seu principal símbolo, chegando a ficar conhecido em todo estado como Aílton “o Homem da Bicicleta”, a cidade tem sido palco de várias modalidades envolvendo o ciclismo. A Federação Baiana de Ciclismo (FBC) fixou Santa Teresinha no calendário oficial de competições realizadas pela entidade e afirma encontrar por aqui um dos melhores circuitos da Bahia.

Essa situação tem ajudado bastante a despertar muitas pessoas não só em santa Teresinha, como também nos municípios vizinhos, para a prática do ciclismo. É comum quem trafega na BA 120 e também na BA 493 encontrar vários ciclistas pedalando seja de maneira solitária ou em grupos que percorrem os municípios de Castro Alves, Santa Teresinha e Itatim.

Neste sábado e domingo (1º e 2/08), Santa Teresinha vai ser mais uma vez palco de uma grande competição ciclística. O município será sede do primeiro CHALLENGE de MTB realizado na Bahia e contará com a participação de ciclistas de todo o Brasil. O ECHALLENG acontece em duplas ou sozinho, o piloto que fizer pedala sozinho os 100km, nas duplas cada piloto pedala 50km e se acumula altimetria aproximada de 2700m. (Editado por Tribunado Recôncavo | Informações: tvtapera).  *Aguarde fotos do evento!

Das 15 ilhas paradisíacas da Bahia quatro são as mais procuradas. Conheça!

Quatro destinos baianos estão entre as 15 ilhas paradisíacas mais indicadas aos turistas nos últimos anos.  Abrolhos, Itaparica, Boipeba e Comandatuba estão na lista, ao lado de Fernando de Noronha (PE), Ilha do Mel (PR), Ilha Grande (RJ), Ilhabela (SP), Ilha de Vitória (ES), Atol das Rocas (RN), Ilha do Bananal (TO), Ilha do Marajó (PA), Ilha de Santa Catarina (SC), Ilha de Maracá (RR) e Ilha de Itamaracá (PE).

Conheça a beleza natural da Bahia!

RTEmagicC_Arquipelago-Abrolhos---Foto-Joao-Ramos-Bahiatursa.jpg

Abrolhos

O arquipélago de Abrolhos, localizado no município de Caravelas, atrai turistas do mundo inteiro por suas águas rasas e cristalinas. As condições são perfeitas para quem quer praticar o mergulho, tanto do tipo contemplativo quanto o de exploração de navios naufragados.

2RTEmagicC_Ilha-de-Itaparica---Foto-Manu-Dias---Secom

Itaparica

A ilha de Itaparica, a maior ilha marítima do Brasil, é um dos destinos mais conhecidos, sobretudo pelos soteropolitanos. Uma das 56 ilhas da Baía de Todos os Santos, Itaparica é cercada por uma barreira de recifes, uma vasta vegetação tropical e um rico patrimônio cultural e natural. Sua paisagem encanta pela beleza e riqueza histórica.

3RTEmagicC_boipeba---Foto-Gabriel-Carvalho

Boipeba

A ilha de Boipeba, situada ao sul de Tinharé, município de Cairu, é caracterizada por uma rara beleza natural e grande diversidade de ecossistemas, que se abre em floresta densa de Mata Atlântica, restinga e dunas. Neste destino, também há uma das maiores reservas de mangue do Brasil, e praias paradisíacas com extensos coqueirais e recifes de grande valor ecológico.

4RTEmagicC_ilha

Una

Localizada no município de Una, a apenas 60 quilômetros ao sul de Ilhéus, a Ilha de Comandatuba tem 12 quilômetros de belas praias virgens e vegetação litorânea exuberante. Ela é um dos pontos turísticos mais procurados do país.

A Bahia foi o estado com o maior número de indicações, seguida de Pernambuco, com dois destinos. Os demais estados tiverem apenas uma ilha listada. Faça a sua escolha e aproveite, pois lazer não é luxo é uma necessidade.

(Postado por Tribuna do Recôncavo) – (Fonte: Portal Terra)

Depois de 5 anos de criado, laboratório de escola em Mutuípe nunca funcionou

Os moradores da região do Riachão do Vinhático, Zona Rural de Mutuípe, estão indignados com o que vem acontecendo com a Escola Mamédio Gonçalves Modesto. O Laboratório de Informática, equipado com vários computadores foi construído há 5 anos, porém nunca foi aberto para visitação.

O técnico em informática, Ednei, que presta serviço a Secretaria Municipal de Educação, relatou que quando os computadores foram instalados, a energia não suportou a carga, demorando muito tempo para a Coelba resolver o problema, em seguida teve a reforma e ampliação da escola, onde a antena foi retirada do local perdendo o apontamento para o satélite. Segundo ele, técnicos da Embratel estiveram na escola, mas não conseguiram reinstalar a antena pelo fato da mesma está ultrapassada. A Secretaria de Educação do Município tentou restabelecer a internet através de moldem, mas não conseguiu. (midiabahia)

OPINIÃO:

Isso é um desrespeito com o dinheiro publico, pois fica evidente a falta de planejamento dos gestores que não solicitaram em tempo hábil a alteração da carga de energia e deixaram para reformar a unidade escolar depois da instalação dos equipamentos. Observamos também a incompetência da empresa contratada que não fez os testes de sinal de internet ou satélite antes de executar as obras. Esse laboratório de Informática poderia ter sido construído em outra comunidade que atendesse as condições técnicas necessárias para o bom funcionamento dos equipamentos.  Se fato como esses estão acontecendo em sua comunidade, DENUNCIE ao Ministério Público.  (Hélio Alves/Tribuna do Recôncavo)

Voltar à página inicial