Gari morre após ser atropelado pela própria caçamba de lixo em Ipirá

Um gari morreu atropelado por uma caçamba que fazia coleta de lixo no povoado das Malvas, município de Ipirá. O acidente ocorreu na noite de sexta-feira (25).

O gari José Valdo da Silva Santana, 39 anos, morava na rua D, Vila Jesus em Ipirá. Segundo informações, o mesmo estava a trabalho na coleta de lixo quando foi atropelado pela própria caçamba sofrendo esmagamento do crânio.

O delegado Caryl Oliveira efetuou o levantamento cadavérico e o corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) em Feira de Santana. (acordacidade)

Incêndio destrói mercado municipal em Ipirá

Um incêndio atingiu o mercado municipal de Ipirá, a cerca de 200 quilômetros da capital baiana, na noite de terça-feira (22), de acordo com a Polícia Militar. O fogo destruiu grande parte dos restaurantes e lojas de produtos artesanais. Populares, com ajuda de carros-pipa, e o Corpo de Bombeiros conseguiram apagar o fogo.

O local estava vazio no momento do incêndio e ninguém ficou ferido. Segundo a PM, o fogo começou por volta de 21h20, quando o Corpo de Bombeiros foi acionado.

Populares atuaram com carros-pipa para controlar o fogo, enquanto aguardavam a atuação dos bombeiros, que conseguiram chegar cerca de 40 minutos depois. Ainda de acordo com a polícia, duas viaturas dos bombeiros, das cidades de Itaberaba e Feira de Santana, chegaram ao local e terminaram de apagar as chamas. Não há informações sobre o motivo do incêndio. (G1) (mais…)

Prefeito de Ipirá morre e cidade baiana decreta oito dias de luto

Morreu no domingo (03/07) em Salvador Ademildo Sampaio Almeida, prefeito do município de Ipirá a cerca de 200 quilômetros da capital baiana. Ademildo estava de licença do cargo para tratar um câncer no estômago. Na manhã desta segunda-feira (4), a prefeitura da cidade decretou luto oficial de oito dias.

De acordo com informações da prefeitura de Ipirá, Ademildo estava afastado do cargo desde abril de 2016. Essa foi a segunda licença médica utilizada pelo político, que já havia ficado afastado para tratar do câncer em 2015.

Ademildo assumiu o cargo depois que a prefeita eleita, Ana Verena Colonezzi, renunciou o mandato no início da gestão. Com o falecimento de Ademildo, o presidente da Câmara, Aníbal Ramos Aragão, assume a prefeitura da cidade. Aníbal já está atuando como prefeito em exercício desde o afastamento de Ademildo, em abril deste ano.

De acordo com nota emitida pela prefeitura, as atividades funcionais da administração municipal estão suspensas nesta segunda-feira. Ademildo será velado às 9h desta segunda-feira, na Câmara de Vereadores de Ipirá. O sepultamento está marcado para acontecer no período da tarde, na mesma cidade. (G1) (mais…)

Projeto “Garagem Literária” leva música, poesia e teatro a Ipirá

No último sábado, 23 de abril, centenas de pessoas lotaram o Centro Cultural Elofilo Marques em Ipirá, para assistir ao encerramento do Garagem Literária, projeto que tem como objetivo ensinar de forma lúdica técnicas e ferramentas para a produção da literatura através do trabalho desenvolvido pela educadora Inaê Sodré. O público pôde conferir gratuitamente o evento que reuniu música, poesia e teatro.

A programação foi aberta pela Companhia de Teatro Gil Santana que encenou o clássico infantil Chapeuzinho Vermelho. “Tivemos a oportunidade de integrar um projeto de qualidade que reuniu educação, música e arte. Foi sensacional ver a plateia cheia, se divertindo e interagindo com o espetáculo. Esperamos voltar outras vezes à Ipirá”, frizou Gil Santana, diretor e ator da peça.

Em seguida foi apresentado o show do Playgrude que fez a galera cantar e dançar ao som do pop infantil. “Através do Garagem Literária pude conhecer Ipirá e uma ação fantástica. Fiquei encantada com Inaê – coordenadora da iniciativa – e suas aspirações. Foi lindo ver as crianças participando, tenho certeza que foi uma noite especial. O Playgrude é isso, alegria para toda a família.  Foi emocionante, vida longa ao projeto”, acrescenta Marcela Bellas, cantora e compositora do grupo.

O evento celebrou com chave de ouro o sucesso do Garagem Literária, que reforçou a importância da literatura para o conhecimento e a criatividade. No mês de maio, será lançado um livro reunindo os textos produzidos durante as três edições. A coordenadora da iniciativa, Inaê Sodré pretende expandir as ações sobre o tema e desenvolver outros projetos. (Vinícius Costa/ASCOM)

Garagem Literária_Foto Antônio Soares (5) (mais…)

Crianças participam de oficinas gratuitas de literatura na cidade de Ipirá

Na tarde desta terça-feira (05/04) crianças de 08 a 12 anos participam de oficinas de criação literária gratuitas no município de Ipirá, na micro região de Feira de Santana. A ação faz parte da programação da terceira edição do Garagem Literária, na qual o público infanto-juvenil vai aprender, de maneira lúdica, técnicas e ferramentas para a produção da literatura e da manifestação artística que tem a palavra como matéria-prima.

Entrando no último ciclo, os eventos abordam a Escrita Criativa, seguindo as recomendações do escritor italiano, Gianni Rodari, através da obra “Gramática da Fantasia”. A intenção é que as crianças possam produzir textos lírico-narrativos e, desse modo, trazer a literatura para o repertório de conhecimento desses futuros adultos, ampliando as possibilidades de leitura de mundo.

Os textos produzidos durante as edições do projeto Garagem Literária serão transformados em um livro, que vai ser lançado ainda no mês de maio, no interior baiano. Mais informações: 71 99243-9206. A fim de celebrar o encerramento do ciclo de oficinas, será realizado um evento no Centro Cultural Elofilo Marques, no centro de Ipirá.

A Companhia de Teatro Gil Santana vai encenar no dia 23 de abril o clássico infantil Chapeuzinho Vermelho, às 17h. A programação segue com um sarau literário às 18h, e para fechar com chave-de-ouro, sobe ao palco o cantor e compositor Raimundo Sodré. O evento gratuito pretende reunir 500 pessoas, entre participantes das oficinas, familiares e a comunidade local e da Bahia. (Editado por Tribuna do Recôncavo | Informações: ASCOM)Garagem Literária_Foto divulgação (mais…)

Evento gratuito reúne música, poesia e teatro na cidade de Ipirá

Chapeuzinho Vermelho_TGS_Foto Lucival AlmeidaA fim de celebrar com chave de ouro o encerramento do Garagem Literária – projeto gratuito que tem como objetivo ensinar de forma lúdica técnicas e ferramentas para a produção da literatura – que acontece no município de Ipirá, localizado no interior da Bahia, será realizado neste sábado, 23 de abril, um evento que vai reunir teatro, poesia e música voltado para toda a família. No Centro Cultural Elofilo Marques, a partir das 17h, o público vai conferir gratuitamente a apresentação da Companhia de Teatro Gil Santana que vai encenar o clássico infantil Chapeuzinho Vermelho.

A programação segue com um sarau literário e a exibição do grupo Playgrude, sob o comando das cantoras e compositoras Marcela Bellas e Taís Nader, e do compositor, Helson Hart, que vai apresentar um show “pop infantil” com músicas autorais. A expectativa é receber 500 pessoas entre participantes das oficinas, familiares, a comunidade local e também de municípios vizinhos. O Garagem Literária é fruto do trabalho desenvolvido pela educadora e coordenadora do projeto, Inaê Sodré, que ensina de forma lúdica técnicas e ferramentas para a produção textual e a importância da literatura.

A terceira edição reuniu crianças de 8 a 12 anos, que produziram textos lírico-narrativos, importantes para o aprendizado da literatura, a fim de ampliar o conhecimento dos futuros adultos. As oficinas abordaram a Escrita Criativa, seguindo as recomendações do escritor italiano, Gianni Rodari, através da obra “Gramática da Fantasia”, através das aulas ministradas por Inaê Sodré e a convidada Jamilly Starling, pesquisadora em Literatura Infantil e licencianda em Pedagogia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA).

Outros fatores trabalhados foram o estímulo à leitura, à cultura da escrita e à imaginação, uma vez que auxiliam na pronúncia, no enriquecimento de vocabulário, na comunicação e na grafia correta das palavras. “O projeto proporcionou, além do aprendizado de técnicas e ferramentas como dispositivos da criatividade na escrita, como espaço e tempo de experimentação, sensibilidade, diálogos e a alegria de estar aprendendo juntos. As crianças tiveram a oportunidade de produzir textos de forma coletiva com troca de conhecimento e descobertas na relação humana”, explicou Inaê Sodré, coordenadora do projeto. Os textos produzidos durante as três edições do Garagem Literária serão transformados em um livro, que vai ser lançado no mês de maio, no interior baiano. Mais informações: 71 99243-9206. (Larissa Barreto/ASCOM)Garagem literária_Divulgação

(mais…)

Voltar à página inicial