Estudantes do campus de Santo Antônio de Jesus participam da II Mostra Fotográfica do IFBA

A Segunda Mostra Fotográfica do Instituto Federal da Bahia aconteceu nesta quarta-feira (08/03), na Sede do Serviço Social da Indústria (Sesi) em Simões Filho, Região Metropolitana de Salvador, como uma das atividades dos Jogos Integradores do IFBA (JIFBA).

Os alunos do campus de Santo Antônio de Jesus, Jean Neri e Uanderson Alves, compareceram ao evento acompanhados da Diretora Geral, Edna Matos. Os estudantes participaram do concurso com fotografias que buscam retratar aspectos da fé religiosa nas comunidades do município.

A temática da Mostra Fotográfica foi “Comunidades em foco: Diversos Olhares” e buscou estimular servidores e estudantes à observarem as comunidades próximas, suas expressões culturais, populares, costumes, histórias de  povos tradicionais, comunidades pesqueira, escolares, bairristas, comunidades voltadas à agricultura familiar e de matriz agroecológica. As fotos farão parte do catálogo II Mostra Fotográfica do IFBA a ser lançado, brevemente.

A experiência teve bons resultados, segundo declaração dos próprios alunos. Para Uanderson Alves, ter uma das suas fotografias na II Mostra foi uma experiência ótima, que o incentiva a se dedicar ainda mais a essa área.

“O fato do evento ter sido realizado junto com os jogos do JIFIBA no Sesi, foi maravilhoso, pois tive a oportunidade de conhecer outros alunos de diferentes campi do IFBA, sem falar das organizadoras do evento que estavam ali bem pertinho, nos parabenizando pelo nosso trabalho, acho que esse é o maior prêmio que recebemos: a valorização das nossas fotografias”, disse Alves.

A foto com a qual Uanderson concorreu ao edital, representava as rezadeiras e foi feita em parceria com o, também, estudante, Edson Queiroz.

O estudante Jean Neri disse estar muito feliz por ter participado dessa iniciativa. “Foi uma experiência maravilhosa poder participar do concurso, ver toda a estrutura do IFBA foi deslumbrante, ter ido à mostra acrescentou muito, poder contemplar vários pontos de vistas através de fotografias”.

A diretora Edna Matos ressalta a importância da participação dos estudantes do campus de Santo Antônio de Jesus no evento. “Somos um campus novo e as pessoas estão em processo de descoberta do IFBA. É importante que elas entendam que o campus de Santo Antônio de Jesus é parte de um todo. Por isso, participar dessas atividades proporciona aos alunos esse conhecimento e uma aproximação com o restante do Instituto.” (Editado por Tribuna do Recôncavo | Fonte: Ascom-IFBA)

COMENTÁRIOS:

Maria do Carmo da Silva Santos: Parabéns aos estudantes Uanderson e Jean pelo destaque na mostra fotográfica, contribuindo dessa forma com a divulgação, preservação e o resgate da cultura em sua diversidade de manifestações.

S. A. de Jesus: Libras para crianças é a mais nova iniciativa do IFBA

É comum se pensar no ensino da Língua Brasileira de Sinais (Libras), tendo como foco o adulto: professor, funcionário de escolas, pais, mães, tios, padrinhos… Mas, e os colegas, os irmãos e os amiguinhos da criança surda?

Foi por entender que a inclusão do surdo precisa ser construída desde à infância, que o IFBA, campus de Santo Antônio de Jesus desenvolveu o projeto Libras Kids. É uma iniciativa que visa oferecer aulas de Libras para o público infantil.  Serão 15 vagas oferecidas às crianças de 5 a 10 anos de idade.

As inscrições poderão ser feitas no periodo de 13 a 17 de março de 2017, em formulário próprio disponível no site (www.santoantonio.ifba.edu.br) e as matrículas serão realizadas nos dias 20 e 21 de março de 2017, das 8h às 17h, no campus do IFBA, na rua Viriato Lobo, s/n, bairro Cajueiro (antigo Campo do Governo, atrás da UFRB). As aulas acontecerão sempre às terças-feiras, das 13:30h às 17h.

Esse projeto conta com o apoio direto da Shalon Fardamentos, Fortaleza Móveis, Sulbaiana Empreendimentos, COFEL Loja de Departamentos e do Colégio Estadual Francisco da Conceição Menezes. (Ascom) Inscreva-se Aqui:

Fábio Passos fala sobre serviços do SESC em SAJ, inclusive sobre escola da instituição

Nessa quarta-feira (08/03), o Sesc desenvolveu, na Praça Padre Mateus, algumas atividades em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. Na ocasião o portal Tribuna do Recôncavo conversou com Fábio Passos, gerente do Sesc em Santo Antônio de Jesus, que informou quais serviços foram oferecidos pela instituição. Fábio ressaltou a importância da mulher na família, no trabalho, na política e na sociedade de uma forma geral. Portanto, ele considera importante celebrar esse dia para mostrar o quão importante é a mulher para o contexto social. De acordo com o gerente, o Sesc considera importante participar desses movimentos, por isso, nesse evento, foram ofertadas atividades de orientação em educação e saúde.

Segundo o gerente, o Sesc oferece serviços nas áreas da saúde, educação, cultura, esporte e lazer e ressalta que apesar do público alvo ser os comerciários, o órgão também oferece serviços para toda a comunidade. Ele informou que o SESC, inaugurado em Santo Antônio de Jesus em 2010, funciona todos os dias da semana, das 8h às 16h20. “Não só os comerciários do varejo são assistidos pela instituição, mas também os de bens e serviços”. Para o comerciário desfrutar dos serviços oferecidos pelo Sesc, ele pode se associar gratuitamente, para tanto ele deve estar devidamente registrado e com carteira assinada. Os comerciários podem fazer a carteirinha, que é gratuita, para usufruir dos serviços oferecidos.

Com relação à escola do Sesc, o gerente informou que é um serviço destinado aos comerciários, pois, ainda não tem a possibilidade de atender a toda comunidade.  As séries ofertadas são do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental e tem atividades lúdicas e assistência psicopedagógica. A escola tem uma equipe multidisciplinar com o objetivo de ofertar um ensino de qualidade.

Fábio Passos também falou sobre o projeto Cine Sesc que, segundo ele, é uma atividade da área da cultura, gratuito e destinado a toda comunidade. O objetivo do projeto é permitir que as pessoas conheçam um pouco do mundo do cinema. Os filmes exibido são relacionados a um contexto histórico, então, é possível aprender muita coisa. A programação do Cine Sesc é divulgada no site da instituição e nas rede sociais. (Maíra Oliveira/Tribuna do Recôncavo)

Enem 2017 será em dois domingos seguidos: 5 e 12 de novembro

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017 será realizado em dois domingos consecutivos: 5 e 12 de novembro, segundo divulgou o Ministério da Educação (MEC), na manhã desta quinta-feira (09).

Nas versões anteriores, a prova era aplicada em um único fim de semana (sábado e domingo). Passam a ser isentos da taxa de inscrição também aqueles que tiverem cadastro no CadÚnico. Além disso, o exame não valerá como certificado do ensino médio. (Bahia.Ba)

SAJ: IFBA abre inscrições para cursos de Produção Textual e Editoração de Revista

As matrículas para o curso de Produção Textual e Editoração de Revista no IFBA foram prorrogadas até às 16h do dia 10 de março.  Para se matricular, o candidato deve ser oriundo de escola pública e se enquadrar em, pelo menos, uma das categorias abaixo:

Concluiu o Ensino Fundamental II ou está cursando o 9º Ano; e,
Concluiu o Ensino Médio ou está cursando qualquer uma das séries do Ensino

Médio Regular, Ensino Médio EJA, Ensino Técnico Integrado ou Ensino Técnico Subsequente.
Os interessados devem se dirigir ao campus do IFBA, situado no bairro Cajueiro (atrás da UFRB), munidos dos documentos exigidos no edital de prorrogação. A matrícula será por ordem de chegada. (Blog do valente). Confira o edital:

S. A. de Jesus: Professora de inglês pede ajuda para realizar seu sonho de ir para o Canadá

Natural de Salvador, filha de uma lavadeira e um sapateiro, a Sr. Leide Borges, 45 anos, mudou-se para Santo Antônio de Jesus para realizar seu sonho: estudar inglês e aperfeiçoar a nova língua no exterior. Ela é graduada em Licenciatura em Letras, Língua Inglesa e Literaturas, atua como professora de inglês e pretender trabalhar também como tradutora. Ela procurou o portal Tribuna do Recôncavo para contar sua história.

Filha de uma família humilde, Leide não tinha condições de bancar seus estudos depois que concluiu o Ensino Médio. Então, teve que trabalhar para ganhar a vida, por assim dizer. Um dos locais onde ela trabalhou foi no CCAA em Salvador, fazendo serviços gerais. Foi lá que ela teve a oportunidade de começar a realizar seu sonho, pois recebeu do seu patrão, Luís Claudio, uma bolsa de 100% para fazer o curso avançado de inglês e espanhol, os quais ela cursou durante 7 anos. Depois da conclusão dos cursos, Leide mudou-se para Santo Antônio de Jesus com o objetivo de fazer o curso de Licenciatura em Letras, Língua inglesa e Literaturas, da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), Campus V. Como já tinha concluído o Ensino Médio há um tempo, ela, fez o cursinho Universidade para Todos (UPT), a fim de se preparar para o vestibular, no qual foi aprovada na 10ª colocação e cursou Letras com Inglês, de 2011 a 2016.

Na Universidade ela conheceu uma professora que está permitindo que ela continue a realização do seu sonho. Essa professora reside no Canadá e a convidou para conhecer o país e consequentemente, aperfeiçoar seu inglês. Entretanto, Leide está começando sua carreira e ainda não tem condições financeiras de custear a viagem, pois as passagens custam de 3 a 4 mil reais. Diante disso, ela pede a ajuda das pessoas para levantar essa quantia e poder realizar seu grande sonho. Para tanto, ela criou uma página no Facebook, na qual as pessoas podem conhecer melhor sua história e ajuda-la. Quem quiser colaborar com a realização do seu sonho pode entrar em contato com ela através da página “Leide Borges no Canadá” ou pelo Whatsapp 71 99924-6383.

Leide conta que a medida que ela via outras pessoas estudando, seu sonho crescia ainda mais e isso a incentivou a voltar a estudar. Ela contou com o apoio de muita gente, como o de seu patrão. Mas também foi subestimada, pois muitos diziam que alguém que veio da favela, não poderia ir tão longe. Entretanto, ela não se deixou abater e hoje está realizando seu sonho. A história de Leide mostra que por mais que o caminho seja difícil e as circunstancias não favoreçam, quando se luta com garra por um sonho, é possível torna-lo realidade. Para ela, “quando temos um sonho, temos que acreditar nele.” (Maíra Oliveira/Tribuna do Recôncavo)

ATENÇÃO: Haverá o sorteio beneficente de um Notebook em prol da realização de um sonho. O valor é R$ 10 reais, cujo sorteio será dia 11 de junho de 2017.

COMENTÁRIOS:

Viviane Silva: Sucesso Leide, estou torcendo por você!

Programa oferece bolsa auxílio para nove mil universitários baianos

Nove mil universitários em condições de vulnerabilidade socioeconômico vão ganhar um auxílio financeiro para dar continuidade aos estudos através do Programa Mais Futuro que será lançado nesta terça-feira (7) pelo governador da Bahia, Rui Costa (PT). As universidades beneficiadas são a do Estado da Bahia (Uneb) e as estaduais de Feira de Santana (Uefs), de Vitória de Conquista (Uesb) e a estadual de Santa Cruz (Uesc). As inscrições ficam abertas até o dia 31 deste mês, os interessados poderão se inscrever pelo site maisfuturo.educacao.ba.gov.br.

Para participar, o estudante deverá manifestar formalmente o interesse por meio da página do programa na internet. Depois desse passo, eles serão cadastrados pelas unidades de ensino, e devem apresentar a documentação exigida que comprove a sua baixa renda. O pagamento das bolsas será feito diretamente ao próprio estudante, através de cartão, em conta bancária criada exclusivamente com essa finalidade.

Entre os critérios para participar do Programa Mais Futuro estão: ter registro atualizado no Cadastro Centralizado de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico); não possuir vínculo empregatício e não ter concluído qualquer outro curso de nível superior. (Bahia.ba)

Secretaria de Educação abre processo seletivo para professores

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC-BA) abriu as inscrições para processo seletivo por meio do Regime Especial de Direito Administrativo (REDA). Os interessados têm até o dia 13 de março para fazer a inscrição.

Serão oferecidas 2.483 vagas para professores da Educação Básica e Educação Básica no Campo, além de 215 vagas para professor da Educação Indígena. O processo seletivo também oferece 961 vagas para a função de técnico de nível médio/mediador para o Ensino Médio com Intermediação Tecnológica (EMITEC).

As inscrições devem ser feitas pela internet e custarão R$ 75, para professores da Educação Básica e Básica no Campo, e R$ 25, para professor da Educação Indígena.

Professor da Educação Básica e Básica no Campo a remuneração será de R$1.072,68, mais gratificação da função temporária, no valor de R$ 334,46. Para professor da Educação Indígena, o salário é de R$ 1.014,35. Já para nível médio, o salário será de R$ 989,92. Para todas as funções temporárias haverá auxílio transporte e será oferecida, de forma facultativa, a assistência médica do Estado somente para o titular, mediante contribuição mensal, conforme a faixa de renda salarial. A carga horária de trabalho para todas as funções citadas é 20 horas. (Bahia.ba)

UFRB implanta controle eletrônico de frequência para técnicos-administrativos

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) implanta o controle eletrônico de frequência para os seus mais de 700 servidores técnicos-administrativos a partir do dia 3 de abril de 2017. O registro deverá ser feito diariamente por meio do Sistema de Gestão de Recursos Humanos (SIGRH), no módulo Ponto Eletrônico.

A medida visa a atender à recomendação do Ministério Público Federal, baseada no Decreto nº 1.590/1995, que determina a jornada de trabalho dos servidores da Administração Pública Federal direta, das autarquias e das fundações públicas federais, e no Decreto nº 1.867/1996, que prevê o registro de assiduidade e pontualidade dos servidores públicos federais da Administração Pública Federal direta, autárquica e fundacional mediante controle eletrônico de ponto.

Durante o mês de março, a Pró-Reitoria de Gestão de Pessoal (PROGEP) realizará visitas aos Centros de Ensino e Pró-Reitorias para orientar e tirar dúvidas dos servidores e chefias imediatas quanto ao funcionamento do módulo do SIGRH. Neste período, o sistema já poderá ser utilizado como teste e adaptação da rotina diária. (Editado por Tribuna do Recôncavo | Fonte: Amargosa News)

Professor brasileiro concorre a Melhor Professor do Mundo

Aos 26 anos, o professor capixaba Wemerson da Silva Nogueira fica entre os dez finalistas do Global Teacher Prize, o maior prêmio dedicado à categoria. O 1º colocado, a ser anunciado em março, levará US$ 1 milhão, pago pela Varkey Foundation. Essa é a terceira edição do prêmio e a segunda vez que um brasileiro fica entre os finalistas.

Uma das iniciativas que levaram o professor Wemerson Nogueira a ser indicado para o prêmio surgiu em uma escola periférica de sua cidade. Ele criou um pequeno laboratório para aulas práticas. “Em três anos, conseguimos transformá-la em uma das melhores escolas do município.”

De 2011 a 2015, o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) da instituição foi de 4,8 a 5,2, acima da média estipulada para 2015, de 4,4. Mais tarde, ensinou a tabela periódica por meio de canções e criou um aplicativo para dar aula de química de maneira lúdica aos estudantes – que premiou a escola na qual lecionava com um pequeno laboratório.

Seu projeto principal, que lhe rendeu o título de Educador do Ano em 2016, foi feito com alunos de uma escola estadual de Boa Esperança, no Espírito Santo. Juntos, construíram um filtro à base de areia que, por meio de um processo de oxidação, retira da água grande quantidade de manganês e ferro – substâncias responsáveis por contaminar o Rio Doce após o rompimento da Barragem do Fundão, em Mariana, Minas Gerais.

Atualmente, o filtro é usado por cerca de 200 pessoas, que reutilizam a água para uso doméstico, em Regência, no Espírito Santo. Em entrevista a ÉPOCA, Wemerson, que é professor do ensino básico e de uma universidade privada, fala de suas experiências e afirma que a Educação tem de ir para “além dos muros da escola”. (Época)

Edmundo Xavier desenvolve projetos para beneficiar deficientes em Santo Antônio de Jesus

O portal Tribuna do Recôncavo conversou com o deficiente visual, Edmundo Xavier, que é Presidente do Conselho de Pessoas com Deficiências da UFRB em Santo Antônio de Jesus, Presidente da Associação Vida Brasil em Salvador, e graduando em Direito na FACEMP. Ele contou que está elaborando dois projetos para beneficiar as pessoas com deficiências em SAJ.

Um dos projetos visa promover a educação digital na vida dos deficientes visuais, utilizando leitores de telas e sintetizadores de voz que são softwares livres. Ele informou que já conversou com alguns vereadores para apresentar o projeto na Câmara Municipal. O outro projeto se refere a uma rede de atendimento, e Edmundo já teve uma conversa com representantes de algumas organizações, como o Lions Clube, Associação de Deficientes Visuais e Conselho Municipal das Pessoas com Deficiências.

O entrevistado também falou a respeito da inserção do deficiente no mercado de trabalho em Santo Antônio de Jesus. Ele informou que a inserção existe, mas acredita que pode aumentar o número de pessoas beneficiadas, pois, apenas 2% dos deficientes são contemplados. Portanto, através de formação e assessoria aos deficientes e as empresas esse índice pode aumentar.

Edmundo tem formação técnica em administração, atualmente está concluindo o curso de Direito e visa utilizar seus conhecimentos para ajudar os seus  colegas deficientes. De acordo com ele, a contratação de deficientes visuais é prevista por lei e os empresários devem ter o bom senso de entender que a mão-de-obra da pessoa com deficiência também é qualificada e que só tem a contribuir para o crescimento da empresa, desde que essa permita sua inserção.

Edmundo incentiva as pessoas a buscarem instituições de ensino que são inclusivas, como a UFRB e a FACEMP para se capacitarem e se inserirem no mercado de trabalho, e consequentemente no contexto social. Para tanto, ele ressalta que é importante procurar as associações e os conselhos de pessoas com deficiências para buscar mais informações. (Maíra Oliveira/Tribuna do Recôncavo)

Saj: UNIFACS oferece Pós-Graduação presencial nas áreas do Direito, Saúde, Gestão e Negócios; Tribuna ouve gestora

Nessa quinta-feira (16/02), a gestora da UNIFACS em Santo Antônio de Jesus, Sra. Shana Ferreira de Paula concedeu uma entrevista ao portal Tribuna do Recôncavo, na qual informou que atendendo aos pedidos, especialmente dos alunos, a Instituição está oferecendo Pós-Graduação presencial nas áreas do Direito, Saúde e Bem Estar, Gestão e Negócios. Segundo ela, “são Pós–Graduações conceituadíssimas com certificados garantidos e aprovados pelo MEC”.

De acordo com a entrevistada, a UNIFACS que tem mais de 45 anos de mercado, agora traz para toda a população do Recôncavo Baiano a oportunidade de fazer especialização perto do seu município. Ela relatou que sabe das dificuldades de fazer especialização em outra cidade, como os custos com deslocamento e moradia. Então, fazer uma Pós-graduação em sua região “é uma oportunidade maravilhosa”.

As especializações oferecidas na área do Direito são: Direito do Trabalho e Processo do Trabalho, Direito Público, Direito Processual Civil e Ciências Criminais. Segundo ela, “são as áreas mais procuradas dentro do Direito”. Na área da Saúde e Bem Estar são oferecidas as seguintes especializações: Nutrição Esportiva e Estética, Práticas do Serviços Sociais nas Políticas Públicas e Gestão em Serviços de Saúde. Já na área de Gestão e Negócios, são oferecidas as Pós –Graduações em Finanças e Controladoria; Gestão de Recursos Humanos, Gestão Empresarial e Marketing Estratégico.

A gestora ainda informou que as pré-matrículas já estão sendo realizas e no mês de março serão feitas as matrículas definitivas. Para se matricular em cursos da Graduação ou Pós-graduação, os interessados podem se dirigir ao polo da UNIFACS que fica localizado na Rua Castro Alves, Nº 388 ou entrar em contato pelo número (75) 3162-7900. (Maíra Oliveira/Tribuna do Recôncavo)

Sapeaçu: Alunos criam projeto de revitalização de Colégio que não é reformado há 26 anos

Nessa terça-feira (21), na primeira reunião de pais e mestres do Colégio Estadual Dr. Eliel da Silva Martins, em Sapeaçu, o radialista Felipe Pereira da Cultura FM, conversou com a professora Paula Anias e com o vice-diretor, conhecido como professor Didiu, que falaram sobre o projeto de revitalização do referido colégio.

Segundo a professora, em 2015 o governador visitou o Colégio e assinalou que esse seria reformado e que iria atender as demandas do Colégio, mas isso não se concretizou. Então em 2016, uma turma de alunos do Ensino Médio lançou o projeto de revitalização que foi abraçado por toda comunidade escolar e pelas famílias. Paula contou ainda, que o projeto conta com o apoio de comerciantes, das famílias dos alunos e da Prefeitura Municipal de Sapeaçu e que o primeiro passo da revitalização será a pintura.

A docente informou que os principais problemas da escola está relacionados com infraestrutura, pois, a parte pedagógica do colégio “funciona muito bem e tem os melhores resultados das escolas do Recôncavo”. Inclusive ela contou que uma aluna fez 940 pontos na redação do Enem.

De acordo com o vice-diretor Didiu, a reforma da escola não é obrigação dos pais, nem do poder público municipal, mas sim do Estado, entretanto, como a escola está muito degradada, o colégio conta com a ajuda da comunidade escolar para melhorar a situação do colégio que há 26 anos não tem reforma. Professora Paula reitera a importância do colégio que há muitos anos o colégio coloca muitos alunos nas Universidades através do Enem e agradece a todos que estão colaborando com o projeto. “Nós vamos precisar da ajuda de toda a comunidade, do poder público municipal e dos nossos professores. Acho que todos juntos vamos transformar o Colégio Eliel da Silva em uma escola muito melhor”, concluiu Didiu. (Maíra Oliveira/tribuna do Recôncavo)

COMENTÁRIO:

Gizelia: É um projeto muito bonito e muito importante para a comunidade. Graças a Deus há uma parceria entre pais,  alunos e comerciantes… Que o Espirito Santo de Deus esteja no controle de tudo.

São Felipe: Diretora da Escola Municipal Presidente Médice fala sobre Jornada pedagógica e ano letivo

O porta Tribuna do Recôncavo conversou com Andreia Santos que é diretora da Escola Municipal Presidente Médice, da cidade de São Felipe. A diretora falou sobre a Jornada Pedagógica que foi realizada de 15 a 17 de fevereiro e a respeito da estrutura da escola. De acordo com Andreia, além dos professores e diretores das escolas, as autoridades políticas, comerciais e religiosas do município também participaram da Jornada Pedagógica, bem como pessoas influentes na cidades e de comunidades vizinhas.

Ela informou que acompanhou a Jornada Pedagógica com muita atenção e com bastante interesse em absorver as contribuições dos palestrantes, as aprendizagens e os estímulos. Para ela foi muito estimulante, pois, os palestrantes eram doutores que assim como ela tiveram uma origem humilde e conseguiram superar. E isso a fez pensar a fazer doutorado, além disso, pretende passar esse incentivo para os alunos.

Ainda em entrevista ao repórter Hélio Alves, a diretora falou sobre os preparativos para receber os alunos. Segundo ela, a Escola Presidente Médice está bem estruturada para receber os alunos, e apesar de estar precisando de algumas manutenções, está preparada para receber os alunos. Ela informou que a escola atende o Ensino Fundamental II e que o ano letivo começa dia 06 de março. “Estamos ansiosos para receber todos. Professores, alunos e a comunidade também. Estamos nos preparando desde janeiro.”

Outro assunto que a diretora comentou foi a participação da família na vida escolar. Para a diretora Andreia “é um assunto importante.” Ela acredita que os pais, as vezes, não se sentem capazes de ajudar os filhos porque não entendem os assuntos, mas devem pegar o caderno dos filhos e verificar o que ele tem feito. E quando perceber que o filho não está fazendo as atividades, devem procurar a escola para saber o que está acontecendo. Ela deixa um recado para as famílias. “Trabalhamos em parceria com a família. A família não está sozinha”. Ela agradece a população Pelo apoio dado a escola e diz que pretender fazer o melhor a cada dia. E Para os alunos que estão afastados da escola, a diretora deixa o seguinte recado: “Que ele pare e pense: o que ele quer realizar. A educação vai trazer para ele a liberdade de realizar esse sonho. Porque a educação faz isso.”  (Maíra Oliveira/Tribuna do Recôncavo)

Saj: Famoso em videoaulas, juiz Rodolfo Pamplona ministra palestra sobre Responsabilidade Civil na UNIFACS

Na última quinta-feira (16/02), o juiz e professor de Direito, Dr. Rodolfo Pamplona, que há 22 anos atua como juiz e já escreveu 70 livros, ministrou uma palestra sobre Responsabilidade Civil na UNIFACS em Santo Antônio de Jesus. Na ocasião, ele concedeu uma entrevista ao portal Tribuna do Recôncavo, na qual falou sobre as mudanças ocorridas no Código Civil em 2002 e no Novo Código de Processo Civil (NCPC) em 2015.

Pamplona falou sobre a função social da Responsabilidade Civil com as mudanças do Novo Código. Segundo ele, as mudanças estão voltadas para a fixação de indenizações por danos morais, dos direitos transindividuais e há uma preocupação com relação a punição e a reparação de quem descumpre seus deveres e gera danos a outros. “Então, há uma preocupação para que a responsabilidade civil seja mais efetiva para responder aos reclames da sociedade.”

Ainda em entrevista ao repórter Hélio Alves, o juiz falou da Responsabilidade Civil no contexto familiar e comentou a respeito de um caso em Minas Gerais no qual o filho processou o próprio pai por abandono afetivo. Para ele, essa é uma questão muito importante porque mostra a importância da Responsabilidade Civil na interface com as relações de família. “O caso de Alexandre foi talvez o primeiro caso em que se discutiu se o afeto é uma obrigação moral ou jurídica e se violado pode gerar responsabilidade. A primeira resposta do STJ sobre esse tema foi negativa reformando a decisão do caso do Alexandre. Cerca de um ano e meio depois, fixou-se a regra de que amar é faculdade, cuidar é dever e que se não houver o dever de cuidado manifestado no afeto, há possibilidade sim do filho processar o pai ou a mãe por danos morais. É uma nova diretriz que já se assenta nos tribunais e sem sombra de dúvidas mostra a importância de uma [responsabilidade familiar] presente e responsável.”

O entrevistado falou também sobre o ônus da prova, disse que é muito importante verificar quem tem de provar em cada caso. Na Responsabilidade Extracontratual, a vítima deve provar e na Responsabilidade Civil decorrente do contrato, o agressor é quem teria que provar. Pamplona falou ainda sobre a determinação do NCPC na qual o juiz deve argumentar a sentença. Segundo ele, a fundamentação é a única parte da sentença que tem previsão constitucional,  pois o cidadão saberá porque está sendo condenado ou não.

Na ocasião, Dr. Rodolfo Pamplona falou sobre sua presença no polo da UNIFACS em Santo Antônio de Jesus. “Foi um momento muito interessante. Foi minha primeira vinda a Santo Antônio de Jesus e eu tive uma energia muito positiva da plateia. Foi realmente uma noite inesquecível.” O juiz falou ainda sobre o lançamento de seu novo livro, Manual de Direito Civil, que aconteceu no evento. Para ele foi “uma honra” lançar o livro em Santo Antônio de Jesus “antes de lançar em Salvador. O lançamento oficial vai ser dia 9 de março. “É um livro diferenciado porque reúne todo o direito civil brasileiro. Com um único livro você pode estudar todo o curso de Direito e também a Pós-graduação”.

Rodolfo Pamplona além de atuar como juiz, lecionar e escrever, possui um canal no youtube, o “Papeando com o Pamplona” através do qual compartilha suas experiências em videoaulas. Ele disse que o canal nasceu da ideia de que o conhecimento deve ser o mais democrático possível, buscando sempre servir ao cidadão. (Maíra Oliveira/Tribuna do Recôncavo)

Cursinho é acusado de machismo por aluna de medicina da Ufba

Um cursinho tem sido alvo de críticas devido ao material distribuído para estudantes que se preparam para ingressar em residência médica. Uma aluna do curso de medicina da Universidade Federal da Bahia (Ufba) acusa o Medgrupo de machismo.

Em seu perfil em uma rede social, Heloísa Cohim relatou que uma apostila do referido cursinho exemplifica o caso de uma menina portadora de vaginose bacteriana e retratada em um desenho de uma mulher seminua com vários peixes em cima do corpo e um homem com nariz tapado. O entendimento seria de que o médico teria ficado “tão enjoado” que o diagnóstico seria evidente. Em outra narrativa, o cheiro de “peixe podre” faria com que a mulher não conseguisse “segurar namorado”.

De acordo com a coluna da jornalista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, o Medgrupo confirmou a autoria do material, mas não não quis comentar a polêmica. Em e-mail enviado à estudante, a empresa disse ser “contra a agenda do politicamente correto”. (Bocão News)

Voltar à página inicial