web analytics

Prazo para pedir isenção no Enem é ampliado para 15 de abril

Foto: Suami Dias/ GOV-BA

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) prorrogou o prazo para solicitação de isenção da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A data final, inicialmente marcada para 11 de abril, foi adiada para o dia 15 de abril.

Também foi prorrogado o prazo para os candidatos que tiveram isenção no ano passado e faltaram aos dois dias de prova justificarem sua ausência, para continuar tendo o benefício. Segundo o Inep, o objetivo da mudança é dar mais tempo para que os participantes possam se adequar às novidades desta edição, “garantindo, assim, a isonomia a todas as pessoas com direito à gratuidade da taxa de inscrição do Exame”, diz o instituto.

Tanto o pedido de isenção como a justificativa de ausência devem ser feitas na Página do Enem 2018. Todos os interessados em fazer o Enem 2018, isentos ou não, deverão fazer a inscrição no exame entre 7 e 18 de maio. (Agência Brasil)

UFRB abre inscrições para vagas do Programa Universidade Aberta à Maturidade

Estão abertas até 16 de abril as inscrições para o Programa Universidade Aberta à Maturidade (PROMAT), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB). São ofertadas 110 vagas em 24 componentes curriculares de cursos de graduação para o semestre 2018.1.

As vagas, nos centros de ensino da UFRB em Cachoeira, Cruz das Almas, Feira de Santana, Santo Amaro e Santo Antônio de Jesus, são para pessoas com idade igual ou superior a 45 anos, que não tenham cursado ensino superior. O vínculo com a Universidade é como discente extensionista, com direito à certificação.

Os interessados devem preencher o formulário de inscrição disponível no site da PROEXT. Havendo mais candidatos que vagas, serão selecionados os candidatos a partir do critério maior idade. O resultado da seleção será divulgado no dia 23 de abril, e as atividades terão início a partir do dia 30 de abril. (mais…)

Enem deste ano terá 30 minutos a mais para provas de exatas

Foto: Tomaz Silva/ Agência Brasil

Neste ano, os candidatos que participarão do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) terão 30 minutos a mais para fazer a prova do segundo dia, que reúne conteúdos de ciências da natureza e matemática. Segundo o edital da prova, publicado nesta quarta-feira (21), no Diário Oficial da União, os estudantes terão cinco horas para fazer a prova no segundo dia e cinco horas e meia no primeiro dia. Assim como em 2017, neste ano as provas do Enem serão realizadas em dois domingos seguidos: nos dias 4 e 11 de novembro. A estrutura da prova também não mudou: no primeiro dia serão aplicadas as provas de Redação, Linguagens e ciências humanas, com duração de cinco horas e meia, e no segundo dia, as provas de ciências da natureza e matemática, com cinco horas de duração.

As inscrições deverão ser feitas das 10hrs do dia 7 de maio às 23h59 de 18 de maio deste ano. A taxa de inscrição foi mantida em R$ 82. O pagamento deve ser feito entre os dias 7 e 23 de maio. A solicitação de isenção da taxa de inscrição deve ser feita entre os dias 2 e 11 de abril. Serão isentos os estudantes que estejam cursando a última série do ensino médio neste ano em escola da rede pública, ou que tenha cursado todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada e tenha renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio. Também tem isenção o participante que declarar estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica, por ser membro de família de baixa renda e que esteja inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal .

Neste ano, também são isentos os participantes do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) do ano passado. Os participantes isentos da taxa de inscrição que não compareceram nos dias de prova no Enem do ano passado terão que justificar a ausência por meio de atestado médico, documento judicial ou boletim de ocorrência para fazer o Enem 2018 sem pagar a taxa. O prazo para justificar a ausência no Enem do ano passado vai de 2 a 11 de abril. O participante que não apresentar justificativa de ausência no Enem 2017 ou tiver a justificativa reprovada após o recurso e desejar se inscrever no Enem 2018 deverá pagar o valor da taxa de inscrição. (Informações: Agência Brasil)

Temer quer liberar 40% do ensino médio à distância

Foto: Beto Barata/ PR

O governo Michel Temer (MDB) quer liberar até 40% da carga horária total do ensino médio para ser realizada a distância. Para a educação de jovens e adultos, a proposta é permitir que 100% do curso seja fora da escola. A reforma do ensino médio, aprovada em 2017, abriu a brecha ao ensino online, possibilidade vetada anteriormente. Agora, resolução que atualiza as Diretrizes Curriculares Nacionais do Ensino Médio prevê essa regulamentação da carga horária.

O texto, obtido pela Folha, já teve uma primeira discussão no CNE (Conselho Nacional de Educação). Após a definição das diretrizes, caberá a cada rede pública ou escola privada regulamentar formatos e ferramentas do ensino. O governo Michel Temer (MDB) quer liberar até 40% da carga horária total do ensino médio para ser realizada a distância. Para a educação de jovens e adultos, a proposta é permitir que 100% do curso seja fora da escola.

A reforma do ensino médio, aprovada em 2017, abriu a brecha ao ensino online, possibilidade vetada anteriormente. Agora, resolução que atualiza as Diretrizes Curriculares Nacionais do Ensino Médio prevê essa regulamentação da carga horária. O texto, obtido pela Folha, já teve uma primeira discussão no CNE (Conselho Nacional de Educação). Após a definição das diretrizes, caberá a cada rede pública ou escola privada regulamentar formatos e ferramentas do ensino. (Brasil 247)

UFRB aprova cotas para estudantes de pós-graduação

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) aprovou a política de cotas para cursos de pós-graduação da instituição. Segundo a resolução, serão reservadas, no mínimo 20% das vagas oferecidas pelos programas de pós-graduação [mestrado e doutorado] para candidatos autodeclarados negros. Para quilombolas, indígenas, trans e pessoas com deficiência, quando aprovados no processo seletivo, será oferecida uma vaga supranumerária para cada categoria.

A resolução foi aprovada, por unanimidade, no último dia 8 de março pela câmara de pesquisa e pós-graduação. O objetivo é ampliar a inclusão e a permanência de negros, quilombolas, indígenas, pessoas trans (transgêneros, transexuais e travestis) nos cursos de pós-graduação da UFRB. A instituição informou que já adota ações afirmativas na graduação desde a origem e agora amplia essa política integralmente para a pós-graduação. Das vagas disponibilizadas pela UFRB na graduação, 50% são destinadas para alunos de escola pública.

Destas, metade é destinada a alunos com renda familiar igual ou menor que 1,5 salário mínimo per capita e a outra metade para rendas superiores a este patamar. Cada uma destas metades ainda é dividida entre cotistas pretos, pardos, indígenas e/ou deficientes, seguindo índices definidos pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No último processo seletivo, 78,5% dos candidatos se autodeclaram negros. (Bahia Noticias)

ARTIGO: A Escola e sua reinvenção

Uma data como a do Dia da Escola, comemorada neste 15 de março, deve servir como motivo para uma reflexão profunda acerca dos ambientes acadêmicos. É um momento oportuno para se pensar sobre a sistemática habitual de ensino e sobre como tornar o estudante cada vez mais autônomo, ajudando-o a assumir as rédeas do seu desenvolvimento.

Para refletir essa temática, é importante entender o significado da terminologia “ser”, que segundo o dicionário Aurélio significa “ter identidade”. Nessa perspectiva, “ser” estudante é, em primeira análise, identificar-se com o ofício de estudar, buscando e construindo conhecimentos sobre si, sobre o outro e sobre o mundo. Assim, será possível desenvolver habilidades e competências para uma vida de sucesso.

É comum encontrarmos estudantes que encaram a escola como um fardo pesado, por conta das diversas exigências acadêmicas. Porém, enxergar o labor de estudante apenas como o cumprimento de uma rotina árdua e maçante é esquecer-se do estudo como fonte de conhecimento, de inovação, de ascensão intelectual, social e cultural. (mais…)

Notas do Enem já são aceitas em 29 universidades de Portugal; confira

Foto: Divulgação

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) assinou um acordo interinstitucional com a Universidade Fernando Pessoa (UFP), que passa a aceitar os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) na seleção de estudantes brasileiros. Sendo assim, passa para 29 o número de instituições portuguesas que aceitam o resultado do Enem para ingresso de brasileiros.

As instituições portuguesas que usam os resultados do Enem têm liberdade para definir qual a nota de corte e os processos financeiros e acadêmicos para o acesso dos estudantes brasileiros aos cursos ofertados. O acordo favorece, principalmente, a comunicação entre as universidades e o Inep para conferência dos resultados dos participantes que pretendem utilizar as notas do Enem na obtenção de uma vaga.

A revalidação de diplomas e o exercício profissional no Brasil dos estudantes que cursarem o ensino superior em Portugal estão sujeitos à legislação brasileira aplicável à matéria. Vale lembrar que os convênios não envolvem transferência de recursos e não preveem financiamento estudantil por parte do governo brasileiro. (Bahia.Ba) Confira a lista: (mais…)

SAJ: CETEP Recôncavo continua sem merenda escolar; Tribuna ouve diretor

Foto: Hélio Alves/ Tribuna do Recôncavo

No início da semana alunos do CETEP Recôncavo em Santo Antônio de Jesus, através das redes sociais, denunciaram a falta de merenda escolar na referida Unidade Escolar, como também o impedimento dos mesmos retornarem para a escola após saírem para lanchar fora e ultrapassarem o intervalo de 15 minutos.

Nesta quinta-feira (08/03), o diretor do CETEP, Ivanilton Amparo “Tom”, falou ao Tribuna do Recôncavo que antigamente o colégio recebia o recurso e comprava na cidade de Santo Antônio de Jesus os produtos para a preparação da merenda escolar, mas atualmente a direção da escola faz um credenciamento, a compra é feita pela Secretaria Estadual de Educação, e a merenda vem de outro município. Em 2017, por exemplo, a merenda escolar do CETEP Recôncavo foi oferecida por uma empresa de Vitória da Conquista.

“Tom” ressaltou que já apresentou toda documentação necessária para a efetivação do credenciamento da merenda escolar para o ano letivo de 2018, e está aguardando uma reposta. Conforme levantamento feito pelo Tribuna do Recôncavo, algumas escolas estaduais em Santo Antônio de Jesus estão usando a sobra da merenda do ano passado, que já está quase acabando.

O responsável por uma das empresas que forneceu merenda escolar nos últimos anos queria entregar de uma só vez um estoque de alimentos para 6 meses, alegando que a empresa ficava muito longe de Santo Antônio de Jesus e não podia dar várias viagens na cidade. PERGUNTA-SE: Por que o Governo do Estado adotou essa modalidade de credenciamento? Por que não adquirir esses alimentos na própria cidade onde está localizado o colégio?

Quanto a saída dos alunos para lanchar fora, “Tom” falou que a escola juntamente com o Colegiado Escolar (formado por representantes de alunos, pais e funcionários) vem estudando a melhor alternativa para proibir a saída dos alunos durante o período de aula. Um aluno teria passado mal após lanchar fora do colégio.

SUGESTÃO: Enquanto a merenda escolar não chega no CETEP, uma alternativa seria o aluno levar de casa o seu lanche. Além da merenda, o fardamento escolar ainda não foi entregue. Ficamos a disposição dos órgãos competentes caso queiram se pronunciar.

Fonte: Tribuna do Recôncavo

Candidatos ao Fies já podem consultar resultados da seleção

Foto: USP Imagens/ Fotos Públicas

O resultado da seleção do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para o primeiro semestre de 2018 já está disponível. A lista de pré-selecionados na chamada regular pode ser consultada no site do programa. De hoje (06) até quarta-feira (08), os candidatos pré-selecionados devem fazer a complementação da inscrição. Os estudantes que não forem pré-selecionados serão incluídos na lista de espera e poderão manifestar interesse até 30 de março. No caso dos estudantes inscritos pela modalidade P-Fies, a relação de selecionados sairá em 12 de março.

Para esta edição, há 155 mil vagas disponíveis, das 310 mil previstas para serem abertas pelo Fies em 2018. Dessas, 100 mil terão juro zero para os estudantes que comprovarem renda per capita mensal familiar de até três salários mínimos. O programa oferece uma escala de financiamentos que varia conforme a renda familiar do candidato. A primeira contempla alunos com renda familiar bruta, por pessoa, de até três salários mínimos, sem juro real (0%). A segunda é destinada a alunos em cuja família cada membro tenha renda de até cinco salários mínimos nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

Estudantes com o mesmo teto de renda familiar das demais regiões estão incluídos na terceira faixa. Nesses dois últimos casos, os juros serão calculados em valor pouco acima da inflação. O programa também passa a contar com a modalidade P-Fies, na qual o financiamento será feito por um banco e os candidatos deverão ter renda familiar mensal de três a cinco salários mínimos. A data de divulgação dos selecionados nesta categoria será no dia 12 de março. Confira o calendário do processo: (mais…)

Brasil gastou R$ 16 bilhões com reprovação de 3 milhões de alunos em 2016

Foto: Reprodução/ Novos Alunos

Um levantamento com base em dados do Censo Escolar aponta que o Brasil gastou quase R$ 16 bilhões ao reprovar em 2016 cerca de 3 milhões de alunos da educação básica, o equivalente a 10,26% do estudantes da rede pública. Dos R$ 16 bilhões, aproximadamente R$ 12 bilhões foram usados pelos municípios, responsáveis pelo ensino fundamental (1º ao 9º ano), e o restante, R$ 4 bilhões, pelos estados, que são provedores do ensino médio. A pesquisa, indica que o gasto total da reprovação equivale a cerca de 8% do que foi investido pelo governo federal em educação no ano de 2016 e atinge um percentual de alunos até três vezes maior do que ocorre em países desenvolvidos.

Segundo a análise, o montante de R$ 16 bilhões é referente ao custo total dos alunos que precisam refazer uma série. Este valor inclui despesas com material escolar até salários de professores. A reprovação de alunos é um tema que divide especialistas. Há quem defenda que o custo social da reprovação é alto e algumas escolas do país já adotam diferentes estratégias contra a reprovação: aulas no contraturno, recuperação paralela e contínua e até mesmo a organização das séries em “ciclos escolares”.

A reportagem do G1 destaca que não há uma legislação que regulamente a reprovação escolar no país. Os municípios e estados são autônomos para definirem seus modelos. No entanto, há, desde 2011, uma recomendação do Conselho Nacional da Educação (CNE) para que as crianças não sejam reprovadas nos três primeiros anos do ensino fundamental. A progressão continuada é indicada neste período para não comprometer o processo de alfabetização. (G1/ Noticias ao Minuto)

MEC divulga a segunda chamada do ProUni nesta sexta (02)

Foto: USP Imagens/ Fotos Públicas

O Ministério da Educação divulga nesta sexta-feira (02), a segunda chamada do Programa Universidade para Todos (Prouni). O resultado será publicado no site do ProUni. A lista pode também ser acessada pelo aplicativo do ProUni para o celular. Os candidatos convocados têm de hoje até o dia 9, sexta-feira, para comprovar os dados informados na inscrição na universidade que escolheram para estudar. Em caso de não aprovação, o prazo para manifestar interesse na lista de espera é de 16 a 19 de março.

O ProUni oferece bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação de instituições privadas de educação superior. Nesta edição, foram ofertadas aproximadamente 243 mil bolsas, sendo 113.863 integrais e 129.124 parciais. De acordo com o MEC, as bolsas integrais foram destinadas a estudantes com renda per capita de até 1,5 salário mínimo. As  bolsas parciais são para os candidatos cuja renda familiar per capita vai até três salários mínimos.

Podem concorrer às bolsas do ProUni brasileiros sem diploma de curso superior e que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2017, com nota superior a 450 pontos e que não tenham zerado a prova. O estudante também deve ter cursado o ensino médio completo em escola pública, ou em instituição privada como bolsista integral, ter alguma deficiência, ser professor da rede pública ou estar enquadrado no perfil de renda exigido pelo programa. (Informações: Agência Brasil)

Brasil só vai dominar leitura em 260 anos

Um relatório do Banco Mundial, o World Development Report, estima que o Brasil vá demorar 260 anos para atingir o nível educacional de países desenvolvidos em Leitura e 75 anos em Matemática. Apesar de ter progredido, a demora para atingir os níveis adequados de educação se deve à lentidão com que os avanços são feitos. O cálculo para a concepção dos dados foi feito com base no desempenho dos estudantes brasileiros em todas as edições do Pisa, a avaliação internacional aplicada pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento (OCDE).

No último exame, o Brasil não aumentou sua nota em Leitura e caiu em Matemática. O Ministério da Educação não quis comentar o conteúdo do relatório. O diretor global de Educação do Banco Mundial, Jaime Savedra, afirma que a defasagem não é causada pela falta de recursos, mas pela forma como eles são utilizados. Já André Loureiro, economista brasileiro da mesma instituição, acredita que as reformas que têm sido feitas têm potencial muito grande para mudar a realidade.

Como sugestão de iniciativas para tentar reverter o caso, o diagnóstico sugere uma maior valorização do professor, a avaliação dos sistemas de ensino, a melhor gestão das escolas e o investimento em educação infantil. (Agência Brasil)

Saj: IFBA oferece curso gratuito para Formação de Tradutor e Intérprete de Libras

Foto: Mateus Pereira/ GOV-BA

O Instituto Federal da Bahia (IFBA), campus de Santo Antônio de Jesus está ofertando 20 vagas gratuitas para o Curso de Formação de Tradutor e Intérprete de Libras/Língua Portuguesa de Nível Médio à comunidade em geral. As inscrições estão abertas até o dia 13 de março. Para participar é necessário ser ouvinte, possuir ensino médio completo e ser fluente em Libras.

O curso tem o objetivo de habilitar o participante a atuar como tradutor e intérprete de Língua Brasileira de Sinais (Libras) em salas de aula, eventos, etc. As aulas acontecerão no período de 06 de abril de 2018 a 05 de abril de 2019, com encontros presenciais sempre às sextas-feiras das 13:00h às 18:00h e aos sábados das 08:00h às 13:00h, no IFBA. O curso terá uma carga horária de 390 horas e fornecerá certificado ao concluinte que tenha, no mínimo, 60% de aprovação no Trabalho de Conclusão de Curso e 75% de frequência.

Os candidatos com inscrições homologadas estarão aptos a participarem do processo seletivo, conforme Edital de Seleção no 14/2018. A matrícula acontecerá nos dias 05 e 06 de março e os candidatos selecionados deverão comparecer munidos de RG, CPF, comprovante de residência, comprovante de escolaridade e uma foto 3×4 atual, ao campus do IFBA na Rua Viriato Lobo, s/n – Cajueiro – Santo Antônio de Jesus (Ponto de referência: antigo Campo do Governo, atrás da UFRB). Acompanhe as informações sobre inscrição, seleção e matrícula na página oficial do campus santoantonio.ifba… ou pelo facebook.com/IFBA…. (Ascom)

ProUni abre inscrições nesta terça-feira (06)

Foto: Divulgação

Os estudantes interessados em obter uma bolsa de estudos por meio do Programa Universidade para Todos (ProUni) já podem fazer sua inscrição na página do programa na internet. O prazo para as inscrições começa hoje (06), e vai até sexta-feira (09). O ProUni oferece bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em instituições privadas de educação superior, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica.

Podem concorrer brasileiros sem diploma de curso superior que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2017 e não tenham zerado a prova. É necessário, ainda, que o candidato atenda a pelo menos uma das seguintes condições: ter cursado o ensino médio completo em escola pública ou em instituição privada como bolsista integral, ter alguma deficiência, ser professor da rede pública ou estar enquadrado no perfil de renda exigido pelo programa.

A bolsa integral é oferecida a candidatos com renda per capita mensal de até 1,5 salário mínimo e bolsa parcial para candidatos cuja renda familiar mensal seja de até três salários mínimos. O processo seletivo é composto por duas chamadas sucessivas. O resultado com a lista dos candidatos pré-selecionados na primeira chamada deve ser divulgado no dia 14 deste mês. A divulgação do resultado da segunda chamada está prevista para 2 de março. (Correio)

Saj: Diretora do NTE 21 fala sobre matrículas para alunos do extinto Olavo Galvão

Joelma de Queiroz, Késsia Carvalho e Patricia D'Avila | Foto: Tribuna do Recôncavo

Sobre a desativação do Colégio Estadual Antônio Olavo Galvão em Santo Antônio de Jesus, a diretora do NTE 21, Patrícia D’Avila, assegurou nesta quarta-feira (24/01), que professores e alunos do Olavo serão atendidos no Colégio Estadual Francisco da Conceição Menezes, cujas aulas já começam no dia 19 de fevereiro.

Em entrevista ao repórter Hélio Alves, a diretora afirmou que as matriculas para as modalidades Tempo de Aprender I e Tempo de Aprender II já podem ser feitas no Colégio Estadual Francisco da Conceição Menezes, e as pessoas interessadas no CPA também já podem fazer suas inscrições.

Sobre o Colégio Felix Gaspar, a diretora falou que os alunos serão acolhidos pelo Colégio Renato Machado (que ainda oferece o Ensino Fundamental), e pela Rede Municipal de Educação.

Sobre o Colégio Rômulo Almeida, a diretora Patrícia D’Avila afirmou que diante dos movimentos feitos por alunos em 2017, e por não oferecer uma boa estrutura, o Secretário de Educação do Estado, Walter Pinheiro, achou por bem construir uma nova unidade escolar, os alunos do Rômulo Almeida, durante as obras, serão atendidos no IFBA.

“O Estado é responsável, não está sendo feita nenhuma restruturação sem pensar no acolhimento dos nossos professores, sem pensar no rendimento dos nossos alunos. A gente confia no trabalho que a Secretaria de Educação do Estado tem desenvolvido e nós estamos aqui para atender a comunidade e direcionar para quem de direito”, disse. (mais…)

Saj: Reunião no NTE define destino de alunos e funcionários do extinto Olavo Galvão

Foto: Hélio Alves/ Tribuna do Recôncavo

Diante da publicação no Diário Oficial do Estado do fechamento do Colégio Estadual Antônio Olavo Galvão em Santo Antônio de Jesus, professores e alunos se reuniram e pediram ao NTE 21 que desse esclarecimentos sobre o que aconteceria com os funcionários e alunos desta instituição de ensino. A reunião aconteceu na manhã desta quarta-feira (24), na sede do NTE, no Shopping Itaguari, que contou com a participação de técnicos e da diretora do NTE 21, Patrícia D’Avila, professores, alunos e direção do Olavo Galvão.

Ainda participaram da reunião a diretora do Colégio Estadual Francisco da Conceição Meneses – Joelma de Queiros, colégio este que acolherá os alunos do Olavo Galvão, Kuessia Carvalho – representante da Secretaria de Educação do Estado, representantes do Observatório Social e Jucy – representando a APLB.

Em entrevista ao Repórter Hélio Alves, Andrea Santana Mascarenhas – diretora do Colégio Antônio Olavo Galvão, contou que a comunidade escolar formada por alunos e professores, demostrou seu descontentamento com a decisão do Governo do Estado. “Tudo que foi dito foi registrado em ata, foi assinado por todos e ai ser reconhecido em cartório. Daí esperamos que as garantias sejam atendidas”, finalizou a diretora Andrea.

Garantias feitas pelo NTE 21:

  • Os alunos serão mantidos no Colégio Estadual Francisco da Conceição Meneses, no mesmo turno que estudavam no Olavo Galvão;
  • Transporte para esses alunos;
  • Serão atendidos pelos mesmos professores que tinham no Olavo Galvão;
  • Aos professores foi garantido que nenhum ficará sedente com perdas salariais e que todos os funcionários serão tratados com o mesmo respeito, sendo relocados;
  • Aqueles que demostraram descontentamento não serão pressionados nem sofrerão nenhum tipo de sanção por sua posições.

Redação: Uanderson Alves

Fonte: Tribuna do Recôncavo

Voltar à página inicial