Missa e procissão marcam o dia de São José em Santo Antônio de Jesus

Nesta segunda- feira (01) a Paróquia São José do Andaiá em Santo Antonio de Jesus (Diocese de Amargosa) comemorou o dia de seu padroeiro (São José Operário), após o novenário que refletiu acerca do tema “Igreja comunidade: família de famílias.

A Missa foi presidida as 10h30 pelo bispo emérito Dom João Nilton e contou com a presença de padres de várias paróquias da Diocese: padre Marco Antonio (pároco); padre Almiro Rezende(Nossa Senhora das Graças); padre Wilson Vitória(Nossa Senhora do Perpétuo Socorro); padre Nelson Franca(Santo Antonio); padre  Gonçalo Marinho(São Miguel Arcanjo); padre Anderson Aparecido(Santa Rita em Amargosa); padre Ângelo(Santo Antonio em Muniz Ferreira), padre Manoel Fernando; diácono Antonio Carlos e seminaristas.

Em sua homilia, o bispo emérito refletia acerca da pessoa de José, escolhido por Deus para formar a Sagrada Família de Nazaré: “Jesus nasceu de Maria, concebido pelo Espírito Santo, mas quis Deus dar ao seu filho uma família. Misteriosamente o mensageiro de Deus da mesma forma que fora a Maria, anunciando que ela seria a mãe do Salvador também  chegou junto a José, que ficou perplexo, confuso, porém José como homem justo até pensou em abandonar Maria, mas o mensageiro o acalma e lhe explica que Maria fora escolhida para ser mãe do Salvador, ele não seria pai biológico de Jesus, mas um pai que lhe amaria, que lhe acompanharia, que lhe daria uma família.”

Dom João também refletia acerca do tema Igreja comunidade: família de famílias: “A igreja é comunidade de famílias, famílias de famílias e de onde essa comunidade se espelha? Quando queremos ser comunidade devemos nos espelhar na Santíssima Trindade(Pai, Filho e Espírito Santo); comunidade dos apóstolos; Sagrada Família-esses espelhos vão nos acompanhando no silêncio da vida, no barulho, na vivência de nossa família. Ah se as famílias olhassem esses exemplos”, refletia o bispo. (mais…)

Padre Fábio de Melo prega na igreja de Kleber Lucas

O pastor e cantor Kleber Lucas promoveu uma conferência na igreja que lidera no último final de semana. A Conferência Soul fez parte das comemorações dos três anos da igreja, localizada na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro. Entre os convidados este ano estavam o pastor Ed René Kivitz e o padre Fábio de Melo.

O encerramento do evento, na noite deste domingo (30), teve uma pregação de um sacerdote católico, algo que chamou bastante atenção dos participantes. O padre Fábio de Melo, que também é cantor, já havia regravado músicas de cantores evangélicos, incluindo Kleber Lucas, mas é a primeira vez que é visto nos púlpitos de uma igreja evangélica.

Em sua conta do Instagram, onde tem mais de 4 milhões de seguidores, o padre escreveu: “Hoje foi dia de estabelecer comunhão. Preguei na Igreja Batista Soul liderada pelo meu amigo @Kleberlucas. Muito obrigado a todos os pastores e membros da igreja que me receberam com tanto respeito e carinho”.

Um vídeo postado na conta de Instagram de Kleber Lucas mostra o padre no culto, mas não foi divulgado a íntegra do seu sermão, cujo tema foi “O Amor de Deus”. Ainda pela rede social, o pastor Kleber resumiu a participação do padre no evento da igreja com a frase: “CRISTO DESTRUIU O MURO!”. (Gospel Prime)

SAJ: Durante manifestação Padre Nelson Franca discursa contra reformas do Governo Federal

Nesta sexta-feira(28), ocorreu no Brasil mais um dia de greve nacional, promovido pelas centrais sindicais do país; em Santo Antonio de Jesus, no Recôncavo Baiano, trabalhadores de vários categorias sindicais foram às ruas protestar contra os Projetos de Lei que tramitam no Congresso retirando vários direitos dos trabalhadores brasileiros, como a Reforma Trabalhista e a  Reforma Previdenciária, a PEC 287.

Marcaram presença na manifestação os quatro padres da cidade: padre Almiro Rezende(Paróquia Nossa Senhora das Graças); padre Edson de Melo(São Benedito); padre Wilson Vitória(Nossa Senhora do Perpétuo Socorro); padre Marco Antonio (São José do Andaiá); e padre Nelson Franca(Santo Antonio), que fez um pronunciamento representando a igreja católica quando o movimento se concentrou em frente à Igreja Matriz. Também marcou presença no ato o padre Raimundo da Paróquia de Ubaíra.

Em seu pronunciamento padre Nelson Franca falou que estava se colocando como igreja, que os direitos fazem parte da dignidade do homem e da mulher, ambos foram criados livres, porque foram criados para serem semelhantes ao Criador.

“Aqui hoje como igreja nós nos colocamos no lugar onde sempre a igreja esteve ao lado do povo, com o povo, sofrendo com esse povo mas buscando manifestar ao mundo a esperança de um povo que se quer livre. A liberdade é dom de Deus, porque Deus assim nos fez e assim nos constituiu e essa liberdade ninguém pode tirar de nós, por mais que pelejem, por maiores que sejam as leis aquilo que é próprio à dignidade e ao direito da pessoa não há lei que impeça; Como igreja aqui estamos para dizer ao nosso povo não para essa desestruturada e irresponsável articulação de um governo que não tem legitimidade, assumiu o comando dessa nação através de um golpe que retirou um governo eleito pelas urnas, que traduziram a vontade popular. Vejam meus irmãos e minhas irmãs, celebrando hoje pela manhã recebíamos como leitura o livro dos Atos dos Apóstolos que narrava Gamaliel, membro do conselho dos romanos que questionava seus pais contra a atitude deles que maltratava, que fazia sofrer os seguidores de Jesus Cristo. O argumento de Camaleão para aquele conselho era exatamente esse: se aquilo que vocês querem é  obra de Deus continuará, mas se não for obra de Deus sucumbirá. O que se instalou no Brasil não é obra de Deus, não faz parte do projeto de Deus. O projeto de Deus é de libertação e vida. O que o nosso povo precisa é de liberdade para viver a sua vida com dignidade.” (mais…)

Bispo que viveu no sertão pode ser o 37º santo do Brasil

Dom Inocêncio López Santamaria, bispo que viveu no sertão do Piauí combatendo a fome, a seca e o analfabetismo, e morreu em Salvador, pode virar santo, segundo informação publicada nesta terça-feira (25), pela Folha de S. Paulo.

Uma equipe de Roma, contratada pela Ordem Mercedária do Brasil, exumou em fevereiro os restos mortais do religioso espanhol, que viveu por 27 anos no município de São Raimundo Nonato (a 517 km de Teresina). Este processo, faz parte do processo de beatificação e canonização autorizado pelo papa Francisco.

No Brasil, há seis religiosos canonizados. Outros 30 serão elevados a santos em outubro deste ano, conforme anunciou o Vaticano na última quinta (20). Se confirmado, dom Inocêncio será o 37º santo nacional. (Bahia.ba)

Arcebispo anuncia data e sede da próxima Jornada Mundial da Juventude

A Jornada Mundial da Juventude acontecerá entre o dia 22 e o 27 de janeiro de 2019 no Panamá. O anúncio da data de um dos principais eventos católicos foi realizado pelo arcebispo do país latino, José Domingo Ulloa Mendieta.

Durante coletiva de imprensa, o religioso ressaltou a gratidão que a Igreja panamenha tem pelo papa Francisco por ter escolhido a nação como a sede da JMJ de 2019. Mendieta também disse que sabe que em muitos países o período de férias não acontece no primeiro mês do ano, mas que a escolha da data da jornada levou em consideração o clima.

“Estamos cientes que em alguns países não é férias, mas estamos convencidos que este não será um obstáculo para tantos milhares de jovens de outros continentes para vir ao Panamá e encontrar com Jesus Cristo pela mão da Nossa Virgem Mãe e com o guia do sucessor de Pedro”, afirmou o bispo.

“Vocês são os verdadeiros protagonistas desta Jornada Mundial da Juventude. Panamá os recebe com o coração e os braços abertos para compartilhar a fé, para sentir a Igreja!”, concluiu Mendieta. Veja o vídeo acima ! (ANSA)

São Roque do Paraguaçu: Quase Paróquia realiza Jornada Catequética

A Quase Paróquia Nossa Senhora da Vitória em São Roque do Paraguaçu realizou na sexta-feira (21/04), a Jornada Catequética, que contou com a participação de catequistas das comunidades urbanas e rurais. Em contato com o Tribuna do Recôncavo, o administrador paroquial, Padre Dvanildo Ribeiro, contou que foi um momento profundo de grande espiritualidade.

“Tivemos a oportunidade de refletir nesse Ano Mariano o tema ‘MARIA, MODELO DE CATEQUISTA POR EXCELÊNCIA’, Nossa Senhora é catequista porque deixou ser conduzida pela palavra de Deus, e foi por meio dela que veio o Salvador à humanidade”.

Padre Dvanildo concluiu ressaltando que a Jornada foi uma grande oportunidade de renovação espiritual na vida dos catequistas. Agradeceu a coordenadora da Pastoral Catequética Marli Medina, a Assessora Catequética Irmã Noélia, aos catequistas e a todos que contribuíram com a realização do encontro. Também convidou todo povo de Deus para a Missa de Instalação da Paróquia Nossa Senhora da Vitória no próximo dia 20 de Maio. (Tribuna do Recôncavo)   (mais…)

Programa Momento de Fé com Padre Marcelo Rossi muda de horário

Em reunião realizada na sede da TV Globo em São Paulo no início do mês de abril foram definidos alguns detalhes para começar o plano de organização e divulgação da Nova Rádio Globo. A emissora que passa por profundas transformações finalmente adquiriu o tão sonhado espaço em FM na cidade de São Paulo.

O dial não foi divulgado, mas pode ser uma das frequências sob concessão da Rede Mundial de Comunicação que estão “disponíveis” hoje no mercado, casos do 92.5 (prestes a encerrar contrato de parceria com a Feliz FM) e 94.1 MHz (ex-Bradesco). As duas FMs pertencem ao empresário Paulo Abreu, o “Rei Midas” dos arrendamentos, que teria fechado a venda de uma delas para o Sistema Globo de Rádio.

Nesse sentido, além da dispensa do comunicador Antônio Carlos, o programa Momento de Fé com Padre Marcelo Rossi que atualmente vai ao ar das 9h às 10h irá para a meia noite. Quando houver transmissão esportiva no horário o programa será apresentado após o jogo. A mudança aconteceu na segunda-feira, dia 12/06/2017.

Editado por Tribuna do Recôncavo | Fonte: entremidia

Papa canoniza em outubro os primeiros mártires brasileiros

O papa Francisco vai canonizar, no dia 15 de outubro deste ano, os primeiros mártires brasileiros. Serão homenageados com o título os sacerdotes André de Soveral, Ambrósio Francisco Ferro e o laico Mateus Moreira, além de outras 27 pessoas assassinadas em 1645.

O anúncio foi realizado nesta quinta-feira (20), durante assembleia de cardeais dirigida pelo Papa, onde foram definidas as datas das cerimônias de canonização de vários futuros santos. Para que sejam canonizados, eles não necessitaram nenhum milagre, apenas o parecer positivo dos membros da Congregação para as Causas dos Santos, que reiterou o assassinato por “ódio à fé”.

Eles são os primeiros mártires e santos brasileiros assassinados entre os dias 16 de julho e 3 de outubro de 1645 pelos protestantes calvinistas holandeses instalados no Brasil naquela época. (Bahia.ba)

Governo tenta minimizar efeitos da carta enviada pelo papa Francisco

A recusa do papa Francisco em vir ao Brasil foi minimizada pelo Palácio do Planalto nesta quarta-feira (19). De acordo com fontes próximas ao presidente Michel Temer, a carta enviada pelo chefe da Igreja Católica a Brasília, declinando de convite para visitar o país, não sinaliza uma suposta desaprovação ao governo brasileiro. Segundo esses interlocutores, o pedido do pontífice para que seja dada mais atenção aos pobres teria deixado o chefe do Executivo “feliz” por ir ao encontro de suas metas em relação à população brasileira.

O papa Francisco foi convidado pelo governo Temer para participar, em outubro, das comemorações alusivas aos 300 anos da aparição da padroeira Nossa Senhora Aparecida no Brasil. A recusa já havia sido comunicada ao Planalto por intermédio da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), segundo funcionários da Presidência.

“Ao ler a carta, Temer ficou feliz e viu que a mensagem do Papa coincide com o que ele tem feito no governo”, disse o deputado Arthur Maia (PPS-BA), em referência ao pedido do pontífice em relação aos pobres. (mais…)

Padre José Roberto é empossado em Mutuípe

A Paróquia São Roque de Mutuípe viveu mais um dia marcante na sua história na noite desta Segunda-feira (17). Com a Igreja Matriz repleta pelos mutuípenses e visitantes de Aratuípe, Jaguaripe e Milagres, tomou posse como nono Pároco de Mutuípe, o Padre José Roberto da Silva Amaral.

A Celebração Eucarística presidida por Dom Valdemir Ferreira – Bispo da Diocese de Amargosa, contou ainda com a presença dos Padres do Vale: Raimundo Santos (Ubaíra), José Edson Barros (Jiquiriçá), Jurandi Santos (Laje), e dos padres Wilson Vitória (SAJ), Fausto Lopes (Elísio Medrado), Daniel Bitencourt (Aratuípe/Jaguaripe) e André (Salvador), além do Irmão Fábio Andrade que se ordenará ainda este ano em Mutuípe.

No inicio da Celebração foi proclamada pelo Padre Daniel Bittencourt a provisão canônica de posse do Padre José Roberto, estabelecendo-o como Pároco, por tempo indeterminado, em seguida, o novo pároco renovou seus votos como sacerdote e recebeu das mãos da Sra. Maria José Nery a chave simbólica da Paróquia de Mutuípe. (mais…)

Papa nega visita ao Brasil e cobra que Temer evite prejudicar os pobres

Em uma carta na qual recusa a um convite para visitar o Brasil, o papa Francisco pediu ao presidente Michel Temer (PMDB) que evite implementar medidas que agravem a situação da população carente no país. A correspondência foi uma resposta a outra enviada pelo mandatário no fim de 2016, em que o líder da Igreja Católica era convidado formalmente para as celebrações dos 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida, comemorados em 2017.

“Sei bem que a crise que o país enfrenta não é de simples solução, uma vez que tem raízes sócio-político-econômicas, e não corresponde à Igreja nem ao Papa dar uma receita concreta para resolver algo tão complexo”, escreveu o pontífice, segundo trecho publicado pelo jornalista Gerson Camarotti, da Globo News.

“Porém não posso deixar de pensar em tantas pessoas, sobretudo nos mais pobres, que muitas vezes se veem completamente abandonados e costumam ser aqueles que pagam o preço mais amargo e dilacerante de algumas soluções fáceis e superficiais para crises que vão muito além da esfera meramente financeira”, acrescentou.

Sobre o convite, o papa disse que, devido à sua intensa agenda, não poderia visitar o Brasil neste ano. Ainda de acordo com o jornalista, Francisco afirmou rezar pelo país e que acompanha “com atenção” os acontecimentos na maior nação da América Latina. (mais…)

Padre Almiro é empossado primeiro pároco da Paróquia Nossa Senhora das Graças em S. A. de Jesus

Aconteceu na Praça da Urbis I em Santo Antônio de Jesus na tarde deste domingo (16/04), a Missa de Instalação da Paróquia Nossa Senhora das Graças, que foi presidida pelo bispo da Diocese de Amargosa, Dom Valdemir Ferreira. Na oportunidade foi empossado o primeiro pároco, Padre Almiro Rezende Peixoto.

A nova paróquia terá 10 comunidades que foram desmembradas da Paróquia São Benedito: Graças (Matriz), Bom Jesus no Bairro Irmã Dulce, Nossa Senhora de Guadalupe na Urbis 4, São Cristóvão na Salgadeira, São Miguel Arcanjo no Loteamento Salomão, São Roque no Açougue Velho, Bom Conselho, Nossa Senhora Aparecida em Mina do Sapé, Nossa Senhora de Fátima no KM 53 e São José do Cocão.

Em entrevista ao repórter Hélio Alves, Padre Edson de Melo, administrador paroquial da Paróquia São Benedito, contou que recentemente foi criada a comunidade de São Miguel Arcanjo no Loteamento Salomão, tendo já celebrado duas missas e criado o conselho, e outras novas comunidades poderão ser criadas na nova paróquia, como o Cidade Nova 2, Urbis I, Loteamento Eufrosina Couto e uma nova comunidade na Urbis 4, pois esse conjunto tem 8 mil habitantes. “Quanto mais se multiplicar as comunidades melhor se fará a evangelização”, disse o padre Edson.

Já o padre Almiro Rezende falou que veio pra Santo Antônio de Jesus com alegria, mas ao mesmo tempo com saudade dos paroquianos da Paróquia São Roque em Mutuípe. Em seu pronunciamento ele agradeceu a Deus por sua vocação e fez um pedido: “Às famílias peço que rezem pelas vocações e aos jovens  eu digo ‘tenham coragem de dizer sim a Jesus’, pois nesses meus 32 anos como padre, tudo que aconteceu em minha vida foi pelo chamado do Senhor. Se não fosse por esse chamado o ser padre nada seria”, refletiu. (mais…)

Gratidão e emoção marcam despedida do padre Almiro em Mutuipe

Neste domingo de Páscoa (16/04), num clima de louvor, ação de graças e gratidão, os paroquianos da Paróquia São Roque em Mutuípe, no Vale do Jiquiriça,  participaram da missa de despedida do pároco, Padre Almiro Rezende, após 9 anos de pastoreio em Mutuípe.

Em sua reflexão, Padre Almiro ressaltou a importância da fé no ressuscitado que anima e fortalece a nossa caminhada, fazendo também uma retrospectiva do seu trabalho em Mutuípe. Rendeu graças a Deus pela oportunidade de ter conduzido esta Paróquia, solicitando à comunidade que rezasse pelas vocações,  pelo Papa Francisco, por Dom Valdemir e pelo bispo emérito D. João Nilton e que continuassem  perseverantes na fé e na participação na comunidade, ressaltando também a instalação da futura Paróquia de Santo Antonio em Mutuípe.

Alegria e emoção marcaram a celebração, onde foi realizado o Batismo de crianças.  Na oportunidade, foram prestadas homenagens ao Padre Almiro com músicas e mensagens. Padre Almiro encerrou a celebração com a unção de pessoas que irão passar por cirurgias e convocando a comunidade para a acolhida ao novo pároco, Padre José Roberto nesta segunda (17).

Com a entronização da imagem do padroeiro São Roque e ao som do hino de Nossa Senhora do Bom Conselho, padroeira da Diocese de Amargosa, a celebração foi encerrada marcada por gratidão e saudade. (Maria do Carmo Silva/Tribuna do Recôncavo)

MATÉRIA RELACIONADA: Padre Almiro é empossado primeiro pároco da Paróquia Nossa Senhora das Graças em S. A. de Jesus

S. A. de Jesus: Procissão do Encontro e Missa Campal reúnem católicos na Praça da Bíblia

Aconteceu na manhã desta quarta-feira (12), na Praça da Bíblia em Santo Antônio de Jesus, a missa da quarta-feira maior, após a realização da Procissão do Encontro com a presença de fiéis católicos das quatro paroquias, São José do Andaiá, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro do Cajueiro, Santo Antônio e São Benedito. Os fiéis saíram de suas paroquias acompanhados pelos seus párocos e se encontraram na Praça da Bíblia, onde aconteceu a Missa Campal.

Em entrevista concedida ao Portal Tribuna do Recôncavo,  padre Wilson Vitoria, pároco da recém criada paroquia Nossa Senhora do Perpetuo Socorro do Cajueiro, nos falou como foi sua primeira participação na programação da Semana Santa na cidade: “Para nós é um momento de graça e muitas bênçãos vermos os fiéis das quatro paroquias aqui reunidos mostrando a sua fé, saindo de seu canto para vim celebrar aqui na Praça da Bíblia, esta é a alegria de participar pela primeira vez desse momento”, disse.

Ainda em entrevista ao repórter Hélio Alves, padre Edson de Melo, administrador paroquial da paroquia São Benedito nos falou sobre a importância da confissão: “Confissão é o momento da gente parar para rever a vida, quem caminha como cristão tem seus problemas, suas dificuldades, tem seus desafios, temos o nosso pecado, então a confissão nesse tempo é a revisão de vida para continuar a vida de acordo com o projeto de Deus”, explicou. (Uanderson Alves/Tribuna do Recôncavo)

Papa Francisco tem segurança garantida na visita ao Egito

As recentes explosões em templos cristãos coptas assumidas pelo grupo extremista Estado Islâmico, a poucos dias da visita do papa Francisco ao Cairo, deixaram o Vaticano em alerta. Mas autoridades islâmicas do Egito garantiram nesta segunda-feira (10) que não há riscos para o chefe da Igreja Católica durante sua viagem ao país, marcada para os próximos dias 28 e 29.

Segundo Kadri Abdelmottaleb, conselheiro de protocolo do grã-imã Ahmed Mohamed el-Tayeb, da mesquita sunita de Al-Azhar, a segurança do líder católico está garantida. “Posso assegurar que não haverá nenhum problema para a segurança. O Papa será bem recebido no país. Estará completamente seguro”, disse à ANSA o representante egípcio.

A Igreja Copta é cristã ortodoxa, mas não aceita o Concílio de Calcedônia e diverge da Igreja Católica Apostólica Romana. Mas, por ser cristã, é um dos alvos do Estado Islâmico. A viagem do papa Francisco atende a convites do presidente egípcio, Abdel Fattah Al-Sisi, e do patriarca da Igreja Copta Ortodoxa, Teodoro II. O último líder católico a visitar o Egito em missão oficial foi João Paulo II, em 2000. (ANSA)

Ataques terroristas a igrejas no Egito são condenados pelo Papa Francisco

Os ataques terroristas em duas igrejas do Egito neste domingo (9), foram condenados pelo Papa Francisco. O pontífice disse estar rezando pelos mortos e feridos e expressou “profundas condolências”.

As explosões nas cidades de Tanta e Alexandria deixaram, juntas, mais de 30 mortos e dezenas de feridos. O grupo extremista Estado Islâmico reivindicou a autoria dos atentados.

Durante a celebração do Domingo de Ramos, Francisco pediu que Deus “converta os corações dos que espalham terror, violência e morte e também os corações daqueles que produzem e traficam armas”.

Ele ainda lembrou do sofrimento de pessoas com o trabalho escravo, tragédias familiares e doenças. “Eles sofrem com guerras e terrorismo, de interesses armados e prontos para atacar”. (Metro1)

Voltar à página inicial