Um casal da Chapada Diamantina está acampado na cidade de Santo Antonio de Jesus, no Recôncavo Baiano, em um barraco de plástico às margens da BR 101, próximo a Veíba Veículos. Em entrevista concedida ao Portal Tribuna do Recôncavo nesta sexta-feira (04/03), os mesmos falaram que há 7 meses deixaram suas residências por problemas familiares e não pretendem retornar para suas cidades.

O senhor Odeiton dos Santos, de 38 anos, é natural de Itaberaba na Chapada Diamantina, e a senhora Luciana Cândida, de 37 anos, é natural da cidade de Cândido Sales, na microrregião de Vitória da Conquista.

IMG_20160304_071027650_HDRO entrevistado contou ao repórter Hélio Alves que morava com sua mãe e com outro irmão, a casa era pequena e depois que conheceu Luciana optou por morar na rua. “Um cobrador da Camurujipe me falou que aqui em Santo Antonio era muito bom pra morar, aí peguei minhas coisas e vim pra cá com Luciana”.

Odeiton ainda informou que trabalha engraxando portas e em Santo Antonio de Jesus não está faltando trabalho pra ele. “Com o dinheiro que ganho compro algumas coisas pra comer, os vizinhos aqui também me ajudam e dar pra ir levando a vida”, contou.

O casal de andarilhos pede água nas casas dos vizinhos e esperam escurecer para tomarem banho ao lado da barraca, eles cozinham em um fogão de lenha e utilizam o banheiro de um posto de combustível para fazer suas necessidades fisiológicas. Odeiton ainda informou que recebeu a visita de alguns funcionários da Secretaria de Ação Social de Santo Antonio.

“Eles me falaram que iam conseguir uma casa, mas a gente não quer. Eu prefiro ficar aqui acampado com minha esposa do que morar dois, três meses numa casa alugada e depois voltar pra rua. Aqui tá bom!”, disse. Em Itaberaba Odeiton contou que residia com sua mãe, Dona Mamédia dos Santos, na Rua São Felipe, bairro do Batalhão e não pretende voltar pra casa. (Hélio Alves/Tribuna do Recôncavo)

IMG_20160304_070947126_HDR

Aproveite e curta a nossa fanpage. Clique Aqui !