Um princípio de incêndio foi registrado numa residência na região do Pau Seco, zona rural de Mutuípe por volta de 10h da manhã desta segunda-feira (8). Segundo informações, o proprietário da casa Erisvaldo de Sousa Pereira, conhecido por “Nene” e a esposa de identidade não revelada, estavam na sede do município, quando um vizinho percebeu o fogo e alertou o pai de “Nene” que com ajuda conseguiu combater as chamas.

A suspeita é que o incêndio tenha tido início criminoso, Erisvaldo acredita que um assalto sofrido por ele há três meses possa ter ligação com o caso, na época ele prestou queixa e vizinhos foram apontados como suspeitos.

Na tarde de ontem, ele novamente retornou a delegacia e registrou queixa, e argumentou já ter sofrido ameaças, uma perícia será realizada no local, para identificar as causas das chamas. Diversos móveis e eletrodomésticos foram danificados, o telhado ficou parcialmente destruído. Colaborou com a matéria o repórter Brício Lopez. (Midia Bahia)