A santoantoniense Joyce França, terceira atração da noite desse domingo (26) no São João de Santo Antônio de Jesus, agradeceu publicamente ao Prefeito Rogério Andrade pelo convite para a mesma cantar no palco principal. “Também agradeço a secretária de cultura, Dene Cortes, e o apoio fantástico dado pelo nosso legítimo representante, Novaes Oliveira”.

No entanto Joyce afirmou que teve seu trabalho EXTREMAMENTE prejudicado pela Empresa responsável pela sonorização, a PAZINE. “Mesmo tendo pago a parte técnica de Palco, PA e iluminação, tive meu trabalho PREJUDICADO por essa empresa, que trouxe profissionais DESPREPARADOS para atuar em um evento da magnitude do São João de Santo Antônio de Jesus”, disse.

De acordo com Joyce, a PAZINE escolheu quais instrumentos o público podia ouvir. “Trabalhei ensaios e contei com os melhores músicos, mas infelizmente aconteceu essa fatalidade com nosso som. Agradeço a quem foi me prestigiar, que infelizmente não pôde ouvir na íntegra, e não desfrutou da qualidade de sonoridade, mesmo assim vibrou, dançou com o que dava para ouvir.

Joyce concluiu chamando a atenção da empresa citada para que aprenda a respeitar quem tem história, quem rala, quem derrama suor para fazer arte, para fazer música e fazer bem feito. “Independente da ação infeliz da empresa PAZZINE, eu agradeço a Deus por, pelo décimo ano consecutivo, fazer parte do Melhor São João da Bahia. Um abraço musical a todos”, concluiu Joyce. (Tribuna do Recôncavo)