A Câmara Legislativa do Distrito Federal divulgou no Diário Oficial o edital de concurso  público (Concurso da Câmara Legislativa CLDF 2018) para o preenchimento de 86 vagas em cargos de ensino médio e superior. A Fundação Carlos Chagas (FCC) tem a responsabilidade do certame.

As oportunidades são destinadas aos cargos de Procurador (01), Consultor Legislativo  (17 vagas), Consultor Técnico-Legislativo (38 vagas) e Técnico Legislativo (30 vagas). Os salários chegam a R$15.879,40 para todos os cargos, com exceção de Técnico, que tem ganhos de até R$10.650,18.

As inscrições no concurso da Câmara Legislativa CLDF 2018 serão realizadas entre 10 horas do dia 25 de junho e 14 horas do dia 25 de julho de 2018, no endereço eletrônico oficial da organizadora (concursosfcc.com.br).

 

A taxa de inscrição custará:

Técnico legislativo: R$ 54,00

Policial legislativo: R$ 54,00

Consultor legislativo: R$ 78,00

Consultor técnico-legislativo: R$ 78,00

Inspetor de polícia: R$ 78,00

Procurador legislativo: R$ 78,00

 

Provas Concurso Câmara Legislativa CLDF 2018

O concurso da Câmara Legislativa CLDF contará com provas objetivas, avaliações discursivas/práticas (técnico legislativo – dependendo da especialidade). Haverá ainda, prova de títulos e prova oral, em alguns casos.

As avaliações serão aplicadas no dia 15 de setembro para Procurador, 16 de setembro para Consultor Legislativo e Agente de Polícia Legislativa e no dia 23 de setembro para Consultor Técnico-Legislativo (todas as áreas).

 

Informações do concurso

Concurso: Câmara Legislativa do Distrito Federal

Banca organizadora: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Escolaridade: médio e superior

Número de vagas: 86

Remuneração: R$15.879,40 e R$10.650,18

Inscrições: entre 10 horas do dia 25 de junho e 14 horas do dia 25 de julho de 2018

Taxa de Inscrição: R$54,00 e R$78,00

Provas: 15/09; 16/09 e 23/09

Situação: PUBLICADO

 

Último Concurso

O último concurso da Câmara contou com 75.741 inscritos, para um total de 120 vagas, o que totaliza uma média de 631/vaga. O cargo de maior procura foi o de Técnico Legislativo (21 mil inscritos) e Policial Legislativo (19 mil inscritos), ambos com exigência de nível médio.

Informações: ASCOM