Em seção extraordinária realizada na manhã de segunda-feira (07/11), a Câmara de Vereadores de Valença aprovou por unanimidade em segunda e última votação, o Projeto de Lei que cria o Polo Industrial de Valença (PLIV). A iniciativa de enviar a matéria para a Câmara foi da prefeita Jucélia Nascimento que, após várias reuniões, e em comum acordo com os empresários, definiu pela implantação do Polo.

Os vereadores reconheceram a grande importância do novo empreendimento que será o ponto de apoio para a geração de mais de mil empregos, sendo de fundamental importância para a organização das pequenas indústrias que estão dentro do perímetro urbano e sem perspectiva de crescimento devido à ocupação em áreas residenciais, resultando em constantes conflitos com as comunidades devido a disputa de espaço e, principalmente, os impactos ambientais, sobretudo a poluição sonora de máquinas e equipamentos.

O Projeto visa também disciplinar a distribuição das empresas, uso das áreas, aquisição e prazo para instalação das empresas, além de estabelecer um cronograma para a sua implantação. 

De acordo com Ademir Costa, secretário da Indústria e Comércio, todas as condicionantes para a implantação do Polo foram atendidas pela Prefeitura, a exemplo do licenciamento ambiental, projetos e a viabilidade da sua implantação. São mais de 40 empresas que ocuparão uma área de 32 hectares no km 01 da BA 887 (Valença-Guaibim), obedecendo a Legislação com a disponibilização da área de reserva ambiental. (Nas Malhas da Lei)