As ruas da cidade de Cachoeira foram tomadas pela magia do jazz durante os três dias do Recôncavo Jazz Festival. Turistas de outros estados e países vieram prestigiar grandes nomes do jazz como Alma Thomas, Thiago Trajano Trio e Bago de Jazz.

Com recorde de público, a última noite do Recôncavo Jazz Festival, no sábado (08), começou com a apresentação do Laurent Rivemales que trouxe como convidados os músicos Joatan Nascimento, Nino Bezerra e Isaias Rabelo. Laurent é também um dos idealizadores do “Jazz na Avenida”, projeto iniciado em Salvador, que estava acontecendo na Fundação Hansen Bahia, sempre ao final dos shows no palco principal.

Dando continuidade à programação, o Coletivo Novos Cachoeiranos trouxe para sua apresentação composições autorais e novos arranjos de músicas já conhecidas do público. Thiago Trajano, acompanhado de mais dois músicos e da cantora Alma Thomas, subiu ao palco em seguida para abrilhantar o evento. O multi-instrumentista veio à Bahia para uma única apresentação no Recôncavo Jazz Festival.

Encerrando a última noite do Festival, a banda revelação baiana IFÁ agitou a galera com uma mistura de ritmos singular. A banda, que tem suas criações fundadas na diversidade musical de matriz africana, destacou o prazer de tocar em um lugar tão especial como Cachoeira, que tem raízes de luta e resistência.

 

Foto: Vinicius Castro  | Texto: Laboratório da Noticia