A atriz Scarllet Johansson, conhecida pelo trabalho nos filmes “Os Vingadores”, rebateu as críticas sofridas após o anúncio de que iria interpretar o papel de um homem trans. A americana foi escolhida para o elenco de “Rub & Tug”, que conta a história real de Jean Marie Gill. Scarlet viverá a personagem principal, que foi uma mulher que se tornou chefe do crime em Pittsburgh (EUA), nos anos 1970. Ela se vestia de homem diariamente para ganhar o respeito dos subalternos.

Irritada com as críticas, os representantes da atriz se manifestaram em uma mensagem enviada ao site Bustle.com: “Diga a eles (os críticos) que podem se dirigir diretamente aos representantes de Jeffrey Tambor, Jared Leto e Felicity Huffman para receberem seus comentários”. Segundo o Uol, a resposta cita três pessoas que viveram personagens transgêneros e foram elogiados.

Huffman foi indicada ao Oscar por “Transamerica”, Leto ganhou Oscar de melhor ator coadjuvante em “Dallas Buyers Club” e Tambor ganhou dois Emmys pela série “Transparent”. O site “Deadline” reporta que a produção, bancada pelo estúdio New Regency, deve começar filmagens em fevereiro de 2019. O roteiro é assinado por Gary Spinelli (“Feito na América”). Ainda não há data de estreia definida para “Rub & Tug”. (Bahia.Ba)