A arrecadação de tributos do governo federal deve surpreender em 2018. Pelos cálculos do Palácio do Planalto divulgados pelo jornal Estadão de S. Paulo, a arrecadação poderá ter crescimento de 4,17%.

Cálculo feito pelo Estado mostra que, com base nesse porcentual de alta, seriam garantidos R$ 53 bilhões a mais nos cofres do governo, tomando como base o total de R$ 1,275 trilhão arrecadados em 2017 em receitas administradas.

Os setores que mais puxam a retomada da arrecadação são eletricidade e gás; automobilístico; produtos químicos; alimentos; edifícios e derivados de petróleo e biocombustíveis. (Bahia.Ba)