O presidente Michel Temer (PMDB) chegou a 9% de aprovação, conforme nova pesquisa Ibope, publicada nesta segunda-feira (17), no blog de José Roberto de Toledo, do jornal Estadão.

O resultado é de um ponto a menos em relação a março, e quatro a menos do que em setembro. A tendência de queda continuada é anterior às delações da Odebrecht com citações tanto do peemedebista quanto de oito dos seus ministros.

A taxa de ótimo e bom dos governadores é mais do que o dobro da do presidente: 22%. E a dos novos prefeitos, quatro vezes superior: 37%. Embora crescente, a taxa de ruim/péssimo do atual governo (56%) ainda é bem menor do que a do pior momento de Dilma Rousseff (70%, em dezembro de 2015). (Bahia.Ba)