Após a morte da professora Raimunda Cleide Souza Santana, de 65 anos, vítima de atropelo no domingo (04/03), na BA-046 em Santo Antonio de Jesus, próximo a Urbis 3, moradores bloquearam a pista como forma de protesto nesta terça-feira, dia 06.

O morador de prenome Paulo informou que a reivindicação é para colocar sinalização e redutor de velocidade no local. “Todos nós pedimos aos órgãos públicos, vidas sendo [ceifadas] e agora a gente não aguenta mais. Já fizemos acordo com os órgãos públicos e até agora nada. Se não tomarem providências vamos fechar de novo”, disse.

Segundo a moradora de prenome Elsiene, o protesto foi para chamar atenção dos responsáveis e está previsto outro para 15 dias, caso o problema não seja solucionado. Já a senhora Lindinalva reclamou da dificuldade para atravessar a pista. “É um absurdo. Levamos quase dez minutos para tentar atravessar, os motoqueiros passam em alta velocidade. Existem moradores aqui, crianças”. O Corpo de Bombeiros compareceu ao local e conteve o fogo.

Reportagem: Sidney Silva/Rádio Andaiá | Redação: Blog do Valente

MATÉRIA RELACIONADA: Morre no Hospital Regional professora que foi vítima de atropelo em SAJ