Quem nunca perdeu horas preciosas transcrevendo entrevistas? Um novo aplicativo, produzido por uma equipe da Universidade do Missouri, quer tornar essa tarefa chata uma coisa do passado.

Lançado para o IOS e o Apple Watch em 6 de outubro, o Recordly combina uma ferramenta de transcrição instantânea com recursos de gravação. Com o aplicativo, os jornalistas podem gravar entrevistas em seu telefone, controlar a gravação com o Apple Watch se quiserem e receber transcrições em minutos.

Com base na plataforma de inteligência artificial Watson da IBM, o aplicativo oferece uma alternativa mais barata e em tempo real a outros métodos de transcrição, como serviços de transcrição, aplicativos baseados em anotações (em média US$15/hora) e transcrições manuais. Qualquer pessoa pode testar o Recordly de graça. Após a primeira hora de gravação, o aplicativo cobra US$2 por hora de áudio transcrito.

O Recordly é fácil de usar. Com um toque, jornalistas podem gravar uma entrevista, destacar e marcar passagens importantes, editar seus rascunhos e enviar a transcrição para seus editores, bem como compartilhar trechos da transcrição nas mídias sociais. A integração com o Apple Watch permite que repórteres deixem seus telefones no pódio de uma conferência, por exemplo, e controlem a gravação da audiência.

 

ASCOM