Desde que sagrou o Sport como vencedor, o título do Campeonato Brasileiro de 1987 é alvo de polêmica entre o Flamengo e o clube pernambucano. A mais elevada instância da Justiça brasileira, o Supremo Tribunal Federal (STF), pôs fim, nesta terça-feira (18), ao imbróglio e manteve o rubro-negro nordestino como o detentor do troféu.

A rivalidade pelo título de vencedor do torneio daquele ano começou após o Flamengo ter se recusado a fazer parte do campeonato organizado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e o Sport triunfar sobre o Guarani na disputa organizada pela entidade.

Após sucessivos entraves, a organização definiu que os dois seriam campeões. Em 2014, no entanto, o STF fincou somente o Leão da Ilha como o vencedor do Brasileiro de 1987. O Fla decidiu recorrer, mas, com a decisão desta terça, terá que esquecer, por enquanto, o sonho do hexacampeonato. (Bahia.ba)